Prefeitos das 20 cidades da RMC decidem cancelar programação oficial de Carnaval para 2022

Prefeitos das 20 cidades da RMC decidem cancelar programação oficial de Carnaval para 2022

Prefeitos e representantes das prefeituras das 20 cidades que compõem a RMC (Região Metropolitana de Campinas) decidiram por unanimidade cancelar as programações oficiais de Carnaval de 2022. A decisão foi tomada na na última segunda-feira, dia 29, na reunião mensal do Conselho de Desenvolvimento da metrópole, realizada em Cosmópolis e foi confirmada pelo diretor-executivo na Agemcamp (Agência Metropolitana de Campinas), Odair Dias.

O argumento para a medida é a falta de alcance da segunda dose dos imunizantes contra a covid-19 e o surgimento da ômicron, nova cepa do coronavírus.

Decisão idêntica já havia sido tomada e divulgada por prefeituras da região, como Americana, Sumaré e Santa Bárbara d’Oeste, e vinha sendo seguida por outros municípios. Já os bailes em locais privados e fechados não devem ser proibidos, mas “desestimulados” e, se ocorrerem, fiscalizados pelas prefeituras.

"A RMC cancelou o Carnaval oficial, mas não tem como restringir algo particular. A orientação é de que não aja Carnaval oficial nas cidades", afirmou Dias. O Carnaval está marcado para ocorrer entre os dias 25 de fevereiro e 5 de março.

Em 2021, já não houve programação de Carnaval de rua ou mesmo de salão no Estado de São Paulo, em função do grave momento da pandemia, pouco antes do “pico” da Covid-19, que ocorreu nos dois meses seguintes.

A reunião dos prefeitos em Cosmópolis foi conduzida pelo presidente do Conselho de Desenvolvimento da RMC, o prefeito de Jaguariúna Gustavo Reis, e pelo diretor-executivo da Agemcamp (Agência Metropolitana de Desenvolvimento), o americanense Odair Dias. No encontro, foi decidido que a cidade Estiva Gerbi, próxima a Mogi Guaçu, deve ser o 21º município a compor a RMC.