Mesa da Solidariedade

Mesa da Solidariedade

 

Momentos

com Pastor Rui Mendes Faria

Meus filhos, na semana passada falamos nessa coluna sobre o amor. Eu quero continuar com o mesmo tema, mas com um viés mais prático. O Livro de Atos explica que, no início da igreja primitiva, todos os que criam em Jesus viviam juntos em comunhão e harmonia, vendendo seus bens e propriedades para garantir a subsistência de todos os irmãos (Atos 2.44,45).

Ajudar o próximo em suas necessidades é a manifestação mais visível do amor de Deus em nossas vidas, é a verdadeira característica do cristão que o diferencia do resto do mundo. Por isso é que a Bíblia reiteradamente diz que devemos socorrer os irmãos em suas necessidades materiais. “Dá a quem te pedir, e não te desvies daquele que quiser que lhe emprestes.” (Mateus 5:42). “E, respondendo ele, disse-lhes: Quem tiver duas túnicas, reparta com o que não tem, e quem tiver alimentos, faça da mesma maneira.” (Lucas 3:11).

São inúmeras as passagens nesse sentido. A Cristo Vive de Valinhos é uma verdadeira comunidade, cuja finalidade, além de difundir a Palavra de Deus, é partilhar o pão com nossos irmãos.

E é nesse contexto de cumprir os mandamentos do Senhor e de suprir as necessidades da comunidade que a nossa igreja está lançando o projeto “Mesa da Solidariedade”. A proposta é manter expostos a todos, em uma mesa em frente à nossa sede, vários mantimentos que poderão ser retirados gratuitamente pelas pessoas que passam por necessidade, algo que se revelou necessário em razão das consequências da crise sanitária do COVID.

Para que a iniciativa tenha êxito, rogo para que todos os cidadãos e empresários que puderem ajudar façam a sua doação de mantimentos de qualquer natureza. Peço não apenas como apóstolo, pastor ou cristão, mas também como cidadão de Valinhos que presencia diariamente o sofrimento daqueles que veem a família privada de alimentos. Vamos exercer o amor de Deus para com nosso próximo, esse é o desejo de Jesus em nossas vidas. Além desse serviço, a comunidade continuará prestando auxílio pastoral e emocional, mediante prévio agendamento, respeitando sempre as regras sanitárias e o distanciamento social. Desejo a todos uma semana abençoada, com a alegria e a Paz de Deus.