Em Campinas

RMC

Campinas participa de evento, no Rio, sobre investimentos imobiliários em revitalização de centros urbanos

Secretária municipal de Urbanismo representou a cidade em reunião de Fórum destinado a investidores, que discutiu projeto para o centro carioca, e se reuniu com autoridades

 

Em busca de experiências e iniciativas que possam contribuir para o projeto “Nosso Centro”, de requalificação da região central de Campinas, a secretaria municipal de Urbanismo, Carolina Baracat Lazinho, participou nesta quinta-feira, 4 de abril, do “Fórum GRI Centro do Rio de Janeiro – Quais as oportunidades para real estate?”. Ela também se reuniu com o secretário municipal de Desenvolvimento Urbano e Econômico do Rio de Janeiro, Chicão Bulhões.

Organizado por um grupo fechado de relacionamento de negócios, o GRI Club, o encontro teve como foco oportunidades de investimentos para o mercado imobiliário a partir da proposta de revitalização do centro da cidade do Rio de Janeiro.

“Viemos participar para conhecer mais a fundo o desenho proposto no projeto carioca e também ouvir dos investidores quais são os atrativos e desafios de iniciativas de requalificação de áreas centrais de metrópoles”, explica a Carolina Baracat. Em Campinas, uma lei municipal incentiva proprietários de imóveis do quadrilátero central a reformar e atualizar construções, por meio de benefícios urbanísticos e fiscais.

A secretária municipal foi ao Rio a convite do grupo Avança Campinas, uma iniciativa formada por empresários que tem como objetivo contribuir para o crescimento da cidade e atração de investimentos. A presidente do grupo Avança Campinas, Camila Dias, também participou da reunião. A empresária é uma das defensoras das iniciativas para a requalificação do centro de Campinas.

O encontro teve a participação de representantes do setor imobiliário e da construção civil e também de organismos estatais com representação nacional. Entre outros, estiveram presentes Jorge Arraes, secretário municipal de Coordenação Governamental da Prefeitura do Rio de Janeiro; Sérgio Bini, vice-Presidente de Fundos Caixa Econômica Federal; Gustavo Guerrante, presidente da Companhia Carioca de Parcerias e Investimentos; e Osmar Lima, chefe de Departamento da Área de Estruturação de Projetos do BNDES. A moderação foi de Ilan Nigri, diretor de Real Estate da Vinci Partners.

Crédito: Divulgação

Aparecem quatro pessoas na foto, de pé, que são: Gustavo Guerrante, da Companhia Carioca de Parcerias e Investimentos; Camila Dias, do Avança Campinas; Osmar Lima; do BNDES; e a secretária de Urbanismo de Campinas, Carolina Baracat

Gustavo Guerrante, da Companhia Carioca de Parcerias e Investimentos; Camila Dias, do Avança Campinas; Osmar Lima; do BNDES; e a secretária de Urbanismo de Campinas, Carolina Baracat

Detalhes em campo

O evento também realizou uma visita técnica ao prédio histórico “A Noite”, que foi sede da Rádio Nacional e ficou abandonado por vários anos, e é exemplo de aplicação do “Reviver 2”, projeto da Prefeitura do Rio de Janeiro de incentivos fiscais para requalificação de imóveis no centro da cidade. Com o retrofit, o edifício comercial está sendo transformado para moradias. A iniciativa visa dar perfil mais residencial para a região.

Após a visita, Carolina Baracat e Camila Dias participaram de uma reunião na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Econômico do Rio de Janeiro, com o secretário Chicão Bulhões, para conhecer detalhes sobre a aplicação da legislação do “Reviver 2”.

Crédito: Divulgação

Imagem mostra fachada do prédio A Noite no centro do Rio de Janeiro em obras

Edifício A Noite está sendo recuperado com incentivo de lei municipal de incentivos do Rio de Janeiro e passará a ser residencial

COMPARTILHE NAS REDES

RMC

Secretário estadual de Justiça discute parcerias com municípios da RMC

Um dos destaques da reunião com os prefeitos foi o Fundo de Interesses Difusos; Fábio Prieto também prestigiou o evento Cidadania Presente, que ocorre no Paço Municipal

 

O prefeito de Campinas, Dário Saadi, recebeu nesta quinta-feira, 4 de abril, o secretário de Justiça e Cidadania do Governo do Estado, Fábio Prieto, que esteve na cidade durante o evento Cidadania Presente, realizado no saguão do Paço Municipal. Também participaram do encontro prefeitos e representantes das cidades da Região Metropolitana de Campinas. O secretário fez uma apresentação de toda a estrutura e serviços da pasta, entre eles o Fundo de Interesses Difusos (FID), que tem a previsão de um novo edital até o final do ano.

O FID é composto por condenações de ação civil pública e termo de ajustamento de conduta e coordenado pela Secretaria de Justiça e Cidadania do Estado. O edital que está em andamento, publicado em 2021, contemplou 289 projetos com investimentos de 270 milhões. No edital vigente, a regra é que cada projeto apresentado pelas prefeituras e entidades tenham o valor máximo de R$ 1 milhão.

Durante a reunião, Dário Saadi sugeriu ao secretário que o próximo edital contemple projetos acima de R$ 1 milhão para terem uma maior abrangência. “Fizemos essa sugestão ao secretário para que o próximo edital possa contemplar projetos de R$ 3 ou 4 milhões, o que vai possibilitar fazer obras e intervenções maiores. Hoje temos projetos que estão enquadrados nos critérios do FID, mas que passam de R$ 1 milhão”, explicou o prefeito.

O FID contempla projetos nas áreas de meio ambiente, bens de valor artístico, estético, histórico, turístico e paisagístico, saúde pública, patrimônio público, além dos voltados a pessoas idosas, pessoas com deficiência, grupos raciais, étnicos e religiosos, entre outros interesses difusos e coletivos.

O secretário de Justiça, Fábio Prieto, se mostrou favorável à sugestão e falou sobre a relevância das intervenções nos municípios. “É importante tratar essa iniciativa dentro do conceito do cidadão metropolitano, tendo em vista a proximidade entre os municípios para absorver demandas não só da cidade, mas da região metropolitana. Por isso, vamos avaliar essa demanda dos prefeitos. Temos possibilitado a execução de obras que não são muito grandes, como um museu, pista de caminhada, mas são intervenções importantes que as pessoas gostam”, afirmou o secretário.

O prefeito de Jaguariúna e presidente do Conselho de Desenvolvimento e da Agência Metropolitana de Campinas (Agemcamp), Gustavo Reis, explicou que o encontro foi importante para os prefeitos se informarem sobre os benefícios do FID. “Conhecemos um pouco mais sobre o funcionamento desse fundo e vamos resgatar esses recursos que terão muitos benefícios para a população da RMC”, disse.

Participaram da reunião na Sala Azul do Paço Municipal de Campinas os prefeitos de Morungaba, Marco Oliveira; de Pedreira, Fabio Polidoro; de Vinhedo, Dario Pacheco; de Indaiatuba, Nilson Gaspar; de Cosmópolis, Junior Felisbino; de Sumaré, Luiz Dalben, além de representantes das demais prefeituras da RMC. Também estiveram presentes os deputados estaduais Dirceu Dalben e Paulo Mansur; o secretário estadual de Desenvolvimento Urbano, José Police Neto; o secretário-adjunto de Justiça e Cidadania, Raul Cristiano; e o diretor executivo da Agemcamp, Eliziário Ferreira Barbosa.

Crédito: Carlos Bassan

Foto mostra prefeitos e autoridades reunidas ao redor de mesa no encontro na Sala Azul do Paço Municipal de Campinas

Prefeito Dário Saadi sugeriu ampliação de valor para projetos apresentados pelos municípios

Programa Cidadania Presente

Outro motivo da visita do secretário a Campinas foi o evento Cidadania Presente uma iniciativa inédita que decorre da parceria entre o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Justiça e Cidadania (SJC), com o Conselho de Desenvolvimento e da Agência Metropolitana de Campinas (Agemcamp) que retoma agenda de ações regionais da pasta.

Campinas recebe a quarta edição do evento que conta com diversos serviços. O Programa Cidadania Presente pode variar em suas ações e objetivos de acordo com a região e o contexto em que é implementado, mas tem como objetivo principal incluir diversas atividades relacionadas à promoção da cidadania e ao fortalecimento dos direitos dos cidadãos em todo Estado.

Os serviços do programa Cidadania Presente estão no saguão do Paço Municipal, prédio da Prefeitura de Campinas, nesta quinta e sexta-feira, dias 4 e 5 de abril, das 9h às 15h.

A Prefeitura de Campinas participa com o balcão de empregos do Centro Público de Apoio de Trabalhador de Campinas (CPAT) e cadastro no CadÚnico.

Uma unidade móvel do projeto Cidadania Itinerante oferece serviços de agendamento de 1ª e 2ª via de RG, 2ª via de CNH e atendimento na Receita Federal, solicitação de 2ª via de certidões (nascimento, casamento e óbito), emissão 2ª via de CPF, título de eleitor e 2ª via de contas (água e luz), atestado de antecedentes criminais, orientações com Procon e Defensoria Pública, elaboração de currículo, consulta Serasa, criação de conta GOV, entrada no seguro-desemprego, orientações migratórias com a Organização Internacional para as Migrações (OIM), registro de boletim de ocorrência, ajuda para baixar a Carteira de Trabalho Digital no celular, e o encaminhamento para coordenações, programas e ouvidoria da SJC. A unidade também recebe denúncias sobre violações de direitos, como discriminação étnico-racial, em razão de orientação sexual ou identidade de gênero, HIV/AIDS e intolerância religiosa.
O Procon Móvel e uma equipe do Ipem-SP orientam a população sobre os seus direitos nas relações de consumo e a importância da avaliação de qualidade dos instrumentos de pesos e medidas (como bafômetro, balança, radar, entre outros), além da abertura de reclamações e uma ação orientativa aos comerciantes do município. A Fundação CASA informa sobre o Programa Novos Tempos, que visa garantir o acesso aos direitos dos adolescentes no pós-medida socioeducativa. Já o Imesc orienta sobre os programas Meu emprego, Trabalho Inclusivo, e Encontre seu Pai Aqui.

Serviço:

Cidadania Presente

Datas:  4 a 5 de abril de 2024 (quinta e sexta-feira)

Horário: 8h às 15h

Local: saguão da Prefeitura de Campinas

Endereço: avenida Anchieta, 200, Centro, Campinas

Crédito: Carlos Bassan

Foto mostra o prefeito de Jaguariúna e presidente da Agemcamp, Gustavo Reis; o secretário de Justiça e Cidadania do Governo do Estado, Fábio Prieto; e o prefeito de Campinas, Dário Saadi, dando entrevista a jornalistas

Prefeito de Jaguariúna e presidente da Agemcamp, Gustavo Reis; o secretário de Justiça e Cidadania do Governo do Estado, Fábio Prieto; e o prefeito de Campinas, Dário Saadi, receberam a Imprensa após a reunião

COMPARTILHE NAS REDES

RMC

Campinas confirma mais quatro mortes por dengue e total sobe para oito em 2024

Novos casos são referentes a três mulheres e um homem, com idades entre 39 e 91 anos. Secretaria reforça orientações sobre assistência, principalmente importância da hidratação

A Secretaria de Saúde de Campinas confirmou na tarde desta terça-feira, 2 de abril, mais quatro mortes por dengue na cidade este ano. Com isso, o total subiu para oito em 2024.

A Pasta lamenta as mortes e se solidariza com as famílias. Além disso, reforça o alerta para que moradores de todas as regiões continuem realizando e colaborando com ações da Prefeitura para prevenção e combate à doença.

As novas vítimas são:

– Mulher, 39 anos, atendida na rede pública e moradora da área de abrangência do Centro de Saúde (CS) União de Bairros. Ela apresentou sintomas em 24 de fevereiro e o óbito ocorreu em 2 de março. Foi confirmada infecção pelo sorotipo 2.

– Mulher, 91 anos, atendida na rede privada de outro município e moradora da área de abrangência do CS Santo Antônio. Ela teve sintomas em 24 de janeiro e o óbito foi em 30 de janeiro. O sorotipo não foi identificado no exame.

– Homem, 63 anos, atendido na rede pública e morador da área de abrangência do CS Vista Alegre. Ele apresentou sintomas em 8 de março e o óbito foi em 13 de março. Foi confirmada infecção pelo sorotipo 1.

– ⁠Mulher, 89 anos, atendida na rede privada e moradora da área de abrangência do CS Sousas. Ela teve sintomas em 10 de março e o óbito ocorreu em 14 de março. Foi confirmada infecção pelo sorotipo 1.

Orientações sobre assistência e alerta para idosos

A pessoa que tiver febre deve procurar um centro de saúde imediatamente para diagnóstico clínico. Portanto, a Saúde faz um apelo para que a população não banalize os sintomas e também não realize automedicação, o que pode comprometer a avaliação médica, tratamento e recuperação. Já quem estiver com suspeita de dengue ou doença confirmada e apresentar sinais de tontura, dor abdominal muito forte, vômitos repetidos, suor frio ou sangramentos deve buscar o quanto antes por auxílio em pronto-socorro ou em UPA.

A médica do Departamento de Vigilância em Saúde (Devisa) Elda Motta reforçou a importância da hidratação e da avaliação médica, principalmente para idosos, gestantes, crianças e pessoas que tenham comorbidades. “A dengue é uma doença que faz a pessoa desidratar mesmo quando não tem perdas aparentes, como vômito e diarreia, por isso, a pessoa precisa se hidratar, beber soro de reidratação oral e água para evitar complicações e procurar por atendimento médico para orientações. É importante que o paciente passe por avaliação clínica, tenha a pressão arterial medida e siga as recomendações recebidas. Lembrar que o volume de líquido que deve beber é grande, por volta de 60 ml por quilo de peso, e que alguns sinais de desidratação não são valorizados como apatia, irritabilidade, perda de apetite e perda de vontade de ingerir líquidos”, explicou.

Outros óbitos neste ano

– Homem, 72 anos, atendido na rede pública e morador da área de abrangência do Centro de Saúde União dos Bairros. Ele apresentou sintomas em 27 de fevereiro e o óbito ocorreu em 3 de março. Foi confirmada infecção pelo sorotipo 2.

– Homem, 94 anos, atendido na rede privada e morador da região de abrangência do Centro de Saúde Integração. Ele apresentou sintomas em 10 de fevereiro e o óbito ocorreu em 15 de fevereiro. O sorotipo não foi identificado no exame.

– Mulher, 86 anos, atendida na rede privada e moradora da região de abrangência do Centro de Saúde DIC III. Ela apresentou sintomas em 11 de fevereiro e o óbito foi em 15 de fevereiro. Foi confirmada infecção pelo sorotipo 2.

– Mulher, 94 anos, atendida na rede privada e moradora da região de abrangência do Centro de Saúde Eulina. Ela apresentou sintomas em 30 de janeiro e o óbito foi em 12 de fevereiro. Foi confirmada infecção pelo sorotipo 1.

Estatísticas e emergência

De 1 de janeiro até esta terça-feira, Campinas teve 36.808 casos confirmados de dengue. A cidade está em epidemia, declarou situação de emergência em 7 de março, e a Saúde já divulgou um alerta sobre a transmissão da doença em todas as regiões da cidade.

O Aedes aegypti é vetor da doença e, por isso, a melhor forma de prevenção é eliminar qualquer acúmulo de água que possa servir de criadouro, principalmente em latas, pneus, pratos de plantas, lajes e calhas. É importante, ainda, vedar a caixa d’água e manter fechados os vasos sanitários inutilizados.

Crédito: Rogério Capela

Imagem mostra larvas do mosquito Aedes aegypti, vetor da dengue e de outras arboviroses

Prefeitura já realizou neste ano uma série de ações para prevenção e combate à dengue

O que já foi feito

Desde dezembro de 2023 a Secretaria de Saúde já colocou em prática uma série de medidas consideradas adicionais, sobre o planejamento regular de prevenção e combate à dengue, que inclusive começaram a ser copiadas por outros municípios diante do contexto do aumento de casos da doença. O plano inclui Sala de Situação para análise sistemática, reorganização da rede municipal de saúde e novo site para divulgar informações.

A Prefeitura realizou neste ano nove mutirões, incluindo um regional, onde visitou pelo menos 37,5 mil imóveis para orientar a população e retirar criadouros do mosquito. Contudo, em cada ação, quase metade dos espaços é achada inacessível pelos agentes por estarem fechados, desocupados ou em virtude de impedimento dos moradores.

A Administração passou a usar a estratégia de utilização de drones para localizar grandes criadouros do Aedes aegypti como piscinas e caixas d’água em imóveis identificados como desocupados ou em situação de abandono. Com isso, chaveiros podem ser acionados e esta medida está respaldada em decisão judicial de 2020, proferida nos autos do processo judicial n.º 1005810-97.2014.8.26.0114, da 1ª Vara da Fazenda Pública de Campinas.

Outra novidade é o uso de inteligência artificial para ampliar o monitoramento e assistência em saúde aos pacientes com dengue. Toda pessoa diagnosticada ou com suspeita da doença, após atendimento no SUS Municipal, recebe via WhatsApp mensagem disparada pelo chatbot que auxilia a Pasta a acompanhar as condições do paciente. Caso necessário, é feita nova orientação sobre busca por atendimento.

A Prefeitura criou ainda o Grupo de Resposta Unificada (GRU), que envolve todas as áreas com objetivo de agilizar respostas e fiscalizações sobre as denúncias que tratam de criadouros. A primeira ação ocorreu em 28 de março, nos bairros Bonfim e Chapadão.

Ações de 2024 em números – atualização até 25 de março

– Controle de criadouros: 254,3 mil imóveis visitados
– Nebulização costal: 37,7 mil imóveis visitados
– Nebulização veicular: cobertura de 37,4 mil imóveis
– Busca ativa + controle de criadouros: 49 mil imóveis visitados
– Avaliação de densidade larvária realizada por agente comunitário de saúde: 27,1 mil imóveis visitados
– Avaliação de densidade larvária feita por agente de apoio ao controle ambiental: 1,6 mil imóveis visitados
– Pontos estratégicos e imóveis especiais: 1,3 mil imóveis visitados
– Estatísticas do Departamento de Vigilância em Saúde (Devisa) mostram que 80% dos criadouros do mosquito Aedes aegypti, vetor da doença, estão nas residências. Portanto, o enfrentamento à epidemia exige esforço compartilhado entre Poder Público e população para eliminar qualquer espaço com água que possa ser usado pelo inseto para proliferação.

Estatísticas do Departamento de Vigilância em Saúde (Devisa) mostram que 80% dos criadouros do mosquito Aedes aegypti, vetor da doença, estão nas residências. Portanto, o enfrentamento à epidemia exige esforço compartilhado entre Poder Público e população para eliminar qualquer espaço com água que possa ser usado pelo inseto para proliferação.

Comitê de prevenção

A Prefeitura conta com um comitê de prevenção e controle de arboviroses desde 2015, que em 2023 passou a se chamar Comitê Municipal de Enfrentamento das Arboviroses e Zoonoses. Ele reúne 14 secretarias: Governo; Saúde; Educação; Serviços Públicos, Clima, Meio Ambiente e Sustentabilidade; Gestão e Desenvolvimento de Pessoas; Administração; Comunicação; Trabalho e Renda; Esportes e Lazer; Cultura e Turismo; Habitação; Relações Institucionais, e Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos. Também participam Defesa Civil, Serviço 156, Rede Mário Gatti, Setec e Sanasa. No comitê é discutida a situação epidemiológica da cidade e, com isso, são desencadeadas as ações intersetoriais e apoio para as ações da Secretaria de Saúde. Mais informações estão no site: dengue.campinas.sp.gov.br.

COMPARTILHE NAS REDES

RMC

Vôlei Renata está a uma vitória das semifinais da Superliga Nacional

Jogo da volta está programado para quinta-feira, dia 4 de abril, às 18h30, no ginásio de esportes do Taquaral.

Com uma atuação de alto nível, o Vôlei Renata derrotou o Sada Cruzeiro, por três sets a zero, na abertura dos playoffs das quartas-de-final da Superliga Nacional Masculina de Vôlei. A partida disputada, domingo à noite, dia 31 de março, no Ginásio do Riacho, em Contagem (MG), teve as parciais de 25/19, 27/25 e 25/22. O jogo da volta está programado para quinta-feira, dia 4 de abril, às 18h30, no ginásio de esportes do Taquaral.

Os ingressos poderão ser adquiridos através do site do Vôlei Renata na área destinada ao torcedor (www.voleirenata.com.br/torcedor), já a partir do meio dia desta terça-feira, dia 2 de abril. Uma nova vitória colocará a equipe de Campinas nas semifinais da competição, mas caso o resultado positivo não ocorra, um terceiro jogo será disputado, novamente no Ginásio do Riacho, porque os mineiros fecharam a fase classificatória com a melhor campanha entre todos os concorrentes.

 

Estratégia bem sucedida

A ideia de jogo estruturada pelo técnico Horácio Dileo funcionou muito bem porque os atletas conseguiram executar com precisão o que foi treinado nos últimos dias. O Vôlei Renata foi muito consistente no saque e no ataque, alternando lances nas pontas, como também no meio de quadra. Estas variações foram fundamentais para quebrar uma série de 19 vitórias seguidas dos mineiros, apontados como favoritos ao título da temporada 2023/2024.

O ponteiro Maurício Borges, do Vôlei Renata, eleito o melhor jogador da partida foi premiado com o troféu Viva Vôlei e nem mesmo o saudável sentimento da vitória, amenizou as prováveis dificuldades que deverão ser observadas na partida em Campinas: “ O Cruzeiro não tem o que falar, é um time completo. A gente impôs nosso ritmo de saque forte igual se faz nos treinos. Vamos sempre em busca de nossa melhora”, enfatiza.

O maior pontuador do primeiro jogo dos playoffs eliminatórios foi Bruno Lima, com 23 pontos e um aproveitamento de 72% no ataque. Adriano também se destacou com 12 pontos, fazendo três no ataque, assim como Maurício Borges com 11 pontos, sendo três realizados em bloqueios.

“ Acho que jogamos bem no ataque, e no saque, conseguimos o mesmo ritmo durante todo o jogo. A vitória foi importante para nós, mas ainda temos muito pela frente. A última bola foi no chão e agora é colocar a cabeça em 4 de abril, que é o segundo jogo”, avalia o técnico Horácio Dileo.

COMPARTILHE NAS REDES

RMC

Secretário de Campinas é representante dos municípios paulistas no Ministério do Meio Ambiente

Diário Oficial da União desta 4ª traz publicação com indicação de Rogério Menezes para a Comissão Tripartite Estadual

O secretário municipal do Clima, Meio Ambiente e Sustentabilidade (Seclimas) de Campinas, Rogério Menezes, foi nomeado representante dos municípios do Estado de São Paulo na Comissão Tripartite Estadual do Ministério do Meio Ambiente e Mudança do Clima. A indicação foi publicada na edição do Diário Oficial da União desta quinta-feira, 28 de março.

De acordo com a publicação, o suplente de Menezes no cargo é o secretário de Meio Ambiente de São José dos Campos, Marcelo Pereira Manara.

Os 27 estados da federação integram as comissões técnicas tripartites, que representam um espaço de diálogo entre os órgãos e entidades ambientais dos municípios, dos estados, do Distrito Federal e da União, com o objetivo de fortalecer o Sistema Nacional do Meio Ambiente (Sisnama).

A comissão é formada por representantes indicados pelo Ibama, Instituto Chico Mendes, órgãos estaduais de meio ambiente e, no caso dos Municípios, pela Anamma (Associação Nacional de Municípios e Meio Ambiente).

Essa nomeação demonstra, mais uma vez, o reconhecimento do nosso trabalho junto aos gestores municipais do estado de São Paulo, o nosso trabalho como secretário de Campinas nessa última década, como uma das referências nacionais para o Ministério do Meio Ambiente nesse assunto”, destaca Rogério Menezes.

COMPARTILHE NAS REDES

RMC

Rede e construtora assinam TAC para conclusão da reforma do pronto-socorro do Hospital Mário Gatti

A obra deverá ser entregue, na totalidade, até agosto. Descumprimento do acordo poderá gerar multa de R$ 3,5 milhões

Após instauração de processo administrativo para aplicação de penalidades e rescisão unilateral de contrato, a Terra Incorporadora e Construtora assinou termo de compromisso de ajuste de conduta (TAC) com a Rede Mário Gatti de Urgência, Emergência e Hospitalar para concluir a reforma do pronto-socorro adulto (PSA) do Hospital Municipal Dr. Mário Gatti até 25 de junho e da área do antigo pronto-socorro infantil até 20 de agosto. O PSA atende, em média, 10,5 mil pacientes por mês.

O presidente da Rede Mário Gatti, Sérgio Bisogni, observou que a obra deveria ter sido concluída em outubro de 2023 e a empresa vinha sendo cobrada sucessivamente pelo atraso. “Instauramos processo administrativo para a rescisão unilateral do contrato e a empresa nos procurou com um novo cronograma. Fizemos o TAC com os prazos e, se não for cumprido, haverá multas que chegarão a 50% do valor do contrato”, afirmou.

O descumprimento do acordo estabelece multa de R$ 5 mil por dia de atraso na entrega de documentação de regularidades fiscais e trabalhistas e multa de R$ 3,5 milhões em caso de descumprimento das obrigações assumidas. A empresa terá que oferecer caução de R$ 400 mil como garantia de cumprimento de obrigações trabalhistas, além do seguro caução que garante a execução da obra.

A obra

As obras de reforma e ampliação do PSA do Mário Gatti tiveram início em dezembro de 2022, e o contrato, no valor de R$ 5,49 milhões, previu a conclusão da obra outubro de 2023. O projeto inclui a modernização da acessibilidade do PSA com escadas e rampas de acesso para pedestres e veículos, novas salas de espera e de medicação, recepção, banheiros acessíveis e consultórios da Sala Azul, com entrada do pronto-socorro para casos de média complexidade.

As intervenções incluem a ampliação da sala de espera do PSA com a anexação de 516 metros quadrados do do espaço externo, o que trará mais conforto e segurança aos pacientes enquanto aguardam o atendimento ou o resultado de exames.

No período de reforma do PSA os atendimentos passaram a ocorrer na área do antigo pronto-socorro infantil, desativado em dezembro com a transferência da área de urgência e emergência pediátrica para o Mário Gattinho.

Quando essa fase da reforma estiver concluída, o atendimento de adultos retornará para a área que foi reformada e terá início a terceira fase, com a reforma do antigo pronto-socorro infantil. A última etapa será a adequação da entrada de visitas a pacientes internados.

COMPARTILHE NAS REDES

RMC

Campinas ganha espaço para realização de eventos no Pátio Ferroviário, no centro da cidade

Imóvel histórico da Oficina de Locomotiva da Companhia Mogiana de Estrada de Ferro (Prédio do Relógio) foi totalmente revitalizado com recursos de um Estudo de Impacto de Vizinhança (EIV)

 

A Oficina de Locomotiva da Companhia Mogiana de Estrada de Ferro (Prédio do Relógio), que fica no Pátio Ferroviário de Canpinas, no centro da cidade, foi totalmente revitalizado pela Prefeitura, por por meio de recursos de mitigação de um Estudo de Impacto de Vizinhança (EIV). Com investimento de R$ 7,74 milhões, o imóvel tombado pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Cultural de Campinas (Condepacc), teve toda parte estrutural reformada – telhado, elétrica e hidráulica. O recurso também foi investido no pagamento da taxa do Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB). A reabilitação do Pátio Ferroviário é uma das frentes do Plano de Requalificação da Área Central de Campinas (PRAC/Nosso Centro).

Entre a sexta-feira 29 de março e o dia 26 de maio, a área irá abrigar a edição da Campinas Decor 2024. Na manhã desta terça-feira, 26 de março, houve uma visita guiada pelo local para os veículos de Imprensa da cidade e da região. Os convidados puderam conferir em primeira mão o imóvel revitalizado e conhecer os espaços criados pelos profissionais que participam da mostra deste ano. São 44 ambientes internos e externos, entre livings, estúdios, ateliês, suítes, banheiros, home theater, cozinha, escritórios e estação gourmet, entre outros, além de ambientes funcionais, como restaurante, loja e cafeteria.

Durante a visita, a secretária municipal de Urbanismo, Carolina Baracat Lazinho, explicou que a revitalização do espaço é um passo importante para implementação de uma das diretrizes do Plano Diretor de Campinas. “O nosso Plano Diretor prevê a implantação de um parque urbano na cidade com espaço para eventos culturais, gastronômicos, tecnológicos. Assim, a Prefeitura investiu mais de R$ 7 milhões na recuperação desse prédio que, agora, recebe a Campinas Decor e, na sequência, receberá o evento de tecnologia Campinas Innovation Week”, informou.

A reforma da Oficina de Locomotiva da Companhia Mogiana de Estrada de Ferro (Prédio do Relógio) incluiu a recuperação da cobertura e do teto em vidro, sendo que as telhas foram lavadas e as danificadas substituídas; troca do madeiramento; recuperação da caixilharia e instalação de vidros novos; reforma da estrutura metálica, com colocação de novas calhas de águas pluviais; e a atualização das instalações elétricas.

A Sanasa colocou caixas d’água, sistema de bombas e fornecerá a água pluvial durante a 26ª edição da mostra de arquitetura, decoração e paisagismo. A Emdec, por sua vez, realizou a remoção dos carros que estavam no local e está preparando todo o estacionamento, que será utilizado pelo público em vários eventos futuros.

A Secretaria Municipal de Serviços Públicos fez a limpeza, remoção de entulhos e jardinagem no entorno do prédio da Oficina de Locomotiva da Companhia Mogiana de Estrada de Ferro (Prédio do Relógio), que abrigará a 26ª edição da mostra que é considerada o principal evento de arquitetura, decoração e paisagismo do interior paulista. A CPFL Energia emprestou o transformador de energia elétrica que será usado durante o evento.

Decor 2024

De acordo com o organizador da mostra, Fernando Penteado Filho, o prédio era como uma joia perdida no meio do pátio da Emdec. “Depois dessa parceria com a Prefeitura, que possibilitou a revitalização do espaço, o público que visitar a mostra vai encontrar aqui o passado, o presente e o futuro. O passado num prédio histórico onde foi feito o primeiro trem do Brasil. O presente com a moda contemporânea, tendências atuais, o que está mais em destaque na arquitetura e na decoração. E vai encontrar o futuro, carros elétricos, ambientes interativos, uma série de inovações que projetam como vai ser a casa do futuro das pessoas”, contou.

Segundo a organização, os ambientes da Campinas Decor 2024 mostrarão tendências e soluções do mercado atual, “com destaque para o uso de mobiliário e peças de decoração assinados por designers brasileiros, a conscientização cada vez maior com a sustentabilidade, muita arte e a aposta na arquitetura biofílica, buscando a integração cada vez maior entre o homem e a natureza e procurando, além da estética, proporcionar tranquilidade e bem-estar”.

Após o término da Campinas Decor, o local passará a ser usado para ações culturais e de lazer da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo e para feiras e eventos corporativos. A região do entorno também deverá ser revitalizada e os demais prédios próximos poderão ser recuperados para abrigar um polo de tecnologia, com instalação de startups e empresas do setor de inovação e um possível espaço de gastronomia.

 

Serviço:

Campinas Decor 2024

Onde: Oficina de Locomotiva da Companhia Mogiana de Estrada de Ferro (Prédio do Relógio)

Endereço: rua Dr. Sales de Oliveira, 1.380, Vila Industrial

Data: de 29 de março a 26 de maio de 2024

Horários de visitação: de terça a sexta-feira, das 14h às 22h, e aos sábados, domingos e feriados, das 12h30 às 22h; a bilheteria fecha sempre às 20h30

Ingressos: R$ 60,00 (inteira), R$ 30,00 (meia), R$ 100,00 (passaporte Campinas Decor com visitas ilimitadas, exceto para eventos fechados); crianças até 12 anos não pagam

Telefone para informações: (19) 99378-7008

Site: www.campinasdecor.com.br

Instagram: @campinasdecor

COMPARTILHE NAS REDES

RMC

Prefeitura de Campinas publica decreto que regulamenta o programa Proteja Servidora

Iniciativa institui uma licença protetiva e um abono especial para as servidoras vítimas de violência doméstica. Publicação está disponível no Diário Oficial

 

O Diário Oficial desta sexta-feira, 22 de março, traz a regulamentação da Lei que institui o Proteja Servidora, que institui uma licença protetiva e um abono especial para as servidoras vítimas de violência doméstica. O texto pode ser consultado no www.campinas.sp.gov.br/diario-oficial/ . Hoje, mais de 10,9 mil mulheres trabalham na Prefeitura de Campinas.

“A licença de proteção à mulher consiste no direito da servidora ou empregada pública municipal, em situação de violência, de se afastar do exercício de seu cargo ou função sem prejuízo dos vencimentos e outras vantagens”, explicou o diretor do Departamento de Promoção à Saúde do Servidor (DPSS), Gustavo Freitas.

A licença, segundo ele, deverá ser requerida pela servidora junto ao DPSS. “A servidora deverá enviar por e-mail a medida protetiva ou o boletim de ocorrência em que conste a informação de que a medida protetiva foi solicitada”, explicou.

Caso a licença seja concedida somente com a apresentação de boletim de ocorrência, a ordem de medida protetiva deverá ser apresentada até 15 dias. A servidora também deve ficar atenta ao envio, mensal, da declaração de atendimento que comprove o acompanhamento da vítima pelos órgãos da rede protetiva para situações de violência doméstica, familiar ou contra a mulher.

O afastamento protetivo poderá ter a duração de até 6 meses, sucessivos ou não, podendo ser prorrogado por igual período, desde que comprovada a manutenção da medida protetiva e do acompanhamento da vítima por órgão da rede protetiva para situações de violência doméstica, familiar ou contra a mulher.

Para a secretária de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas, Eliane Jocelaine Pereira, Campinas dá um passo muito importante com o Proteja Servidora. “Nossas servidoras cuidam da população, inclusive de outras mulheres vítimas de violência, e muitas vezes têm dificuldade de encontrar uma rede de apoio no próprio local de trabalho”, disse. “É importante conscientizar a população que violência contra a mulher é uma triste realidade do país e está presente nas diferentes classes sociais”, completou.

Abono e mudança de local de trabalho

A legislação tem outros avanços. Ela cria, também, um abono de até 3 dias para as servidoras que precisem se ausentar do trabalho para acompanhamento médico ou psicológico ou por conta de audiências em possível processo judicial contra o agressor.

Outro ponto importante é a possibilidade de alteração protetiva de lotação, ou seja, a servidora poderá mudar para outro local de trabalho, o que pode ser temporário ou definitivo.

No caso de concessão da licença, os dias de afastamento serão considerados como efetivo exercício, ou seja, todos os direitos permanecem garantidos.

COMPARTILHE NAS REDES

RMC

Procon Campinas aponta diferença de até 140% no preço de produtos de Páscoa

Levantamento inclui 111 itens que foram pesquisados em oito estabelecimentos da cidade

O Procon Campinas divulgou nesta sexta-feira, 22 de março, a pesquisa de produtos de Páscoa de 2024. O levantamento de preços foi realizado entre os dias 12 a 20 de março, em oito estabelecimentos comerciais. Foram 111 itens pesquisados entre ovos de diversas marcas, tabletes e barras de chocolates, colombas pascais e caixas de bombons.

A maior diferença encontrada foi em relação às barras de chocolate, que apresentaram variação de 140,28% no mesmo item – caso da Barra Special Dark 73% Cacau de 85 gramas, cujo valor variou de R$ 4,99 a R$ 11,99. Na sequência, estão os chocolates e tabletes de 80 gramas, com variação de 66,81%.

Foi mantido no levantamento somente os preços de produtos comercializados em no mínimo três estabelecimentos visitados.

Os preços coletados podem sofrer variações em razão de promoções de desconto e em razão do período em que a coleta dos dados foi realizada. A proposta é que a pesquisa seja um facilitador para que o consumidor tenha um parâmetro de quanto o preço de um produto pode variar no mercado de consumo, inclusive em razão da marca e do estabelecimento.

Em relação aos ovos de chocolate, a maior diferença encontrada foi de 53,93%, no ovo Chokko Crocante de 120 gramas. As colombas pascais, outro item bastante consumido neste período, apresentaram diferença de 9,29%.

A pesquisa completa está disponível em https://procon.campinas.sp.gov.br/pesquisa-e-informativo-p-scoa-0.

De acordo com a diretora do Procon Campinas, Yara Pupo, o objetivo da pesquisa é oferecer uma referência ao consumidor por meio dos preços médios obtidos. “A pesquisa de preços auxilia os consumidores na hora de fazer suas compras ao trazer uma média de preço para os principais produtos comprados neste período. Por isso, é importante pesquisar antes de ir às compras para conseguir empregar melhor o orçamento que a família tem para gastar com itens da Páscoa”, ressaltou.

Informativo

Além da pesquisa, o Procon também publicou um informativo de Páscoa com orientações para os consumidores como, por exemplo, a necessidade de comparar preços, avaliar orçamento e custos adicionais com deslocamento. Além disso, o material destaca a importância de ficar atento às informações apresentadas nos rótulos , especialmente, se contêm identificação do fabricante, data de fabricação e validade, peso, composição, informação de risco à saúde e segurança do consumidor.

Pupo lembra  que no caso de ovos de chocolate contendo brinquedos no interior deve haver informações sobre a faixa etária da criança e o selo de certificação do Inmetro.

O Informativo também pode ser acessado pelo link https://procon.campinas.sp.gov.br/pesquisa-e-informativo-p-scoa-0.

Caso o consumidor encontre algum problema pode entrar em contato com o Procon pelo telefone 151, pelo site www.procon.campinas.sp.gov.br ou em um dos postos de atendimento.

COMPARTILHE NAS REDES

RMC

Ceasa Campinas lança Programa de Apoio e Mudas a Hortas Comunitárias

Prefeito Dário Saadi participou da cerimônia que teve também inauguração de estufa para produção de mudas

As atividades preparadas pela Prefeitura de Holambra para celebração da Semana Santa começarão hoje com a chegada da estrela da festa, o Coelhinho da Páscoa, à cidade. Ele irá percorrer a Quinta-Feira de Sabores distribuindo ovinhos de chocolate a partir das 20h. A programação contará ainda, até o dia 30, com exposição sacra, pescaria, Vila de Páscoa e uma divertida gincana de caça aos ovos para a criançada. Todas as atividades são gratuitas.

Na sexta-feira, dia 22 de março, às 20h, ocorrerá a inauguração da tradicional Exposição da Via Sacra na Praça dos Coqueiros. A mostra contará com uma celebração ministrada pelos padres Charles Franco Peron e Francisco Ronaldo Silvestre e reunirá 15 painéis de cerca de 2 metros de altura. Também será aberta oficialmente, no mesmo horário, mas na Praça dos Pioneiros, a Vila de Páscoa, dedicada às crianças.

“O Coelhinho da Páscoa estará na Vila de Páscoa na sexta-feira, dia 22, das 20h às 22h. No sábado e domingo, dias 23 e 24, das 14h às 16h e também das 20h às 22h para tirar fotos com as crianças e distribuir ovinhos de chocolate”, contou a diretora municipal de Turismo e Cultura, Alessandra Caratti. “Na semana seguinte, ele ficará por lá na sexta, das 20h às 22h.”

Na quarta-feira, dia 27, às 20h30, os párocos retornam à Praça dos Coqueiros para percorrer com os fiéis a Via Sacra, representada em suas estações pelos painéis, desde a condenação até a ressurreição de Jesus. Na sexta, 29 de março, entre 7h e 18h, será realizada uma Pesca recreativa no lago da Nossa Prainha. A atividade é voltada apenas para moradores da cidade. O uso de vara com molinete será proibido.

Em 28 de março o Coelhinho volta às ruas do bairro Imigrantes, onde a Quinta-feira de Sabores é realizado semanalmente, para distribuir ovos de chocolate.

Caça  aos Ovos
O sábado, dia 30 de março, será dedicado aos pequenos. Entre 16h e 20h, no Parque Cidade das Crianças, a garotada poderá assistir a uma fascinante peça de teatro, curtir brinquedos infláveis, fazer pintura facial, tirar fotos com o Coelhinho da Páscoa e se deliciar com pipoca. Além disso, às 17h, está prevista a divertidíssima Caça aos Ovos. Cerca de 20 mil ovinhos de chocolate serão escondidos no local e a missão das crianças, de até 10 anos, será encontrá-los. Para participar é preciso ser morador da cidade e apresentar Cartão Cidadão.
Confira a programação:

Visita do Coelho da Páscoa à Quinta-feira de Sabores
Dias 21 e 28 de março, a partir das 20h
Local: Praça dos Imigrantes, próxima à caixa d’água do bairro
Entrada gratuita

Abertura da Exposição da Via Sacra
Sexta-feira, 22 de março, a partir das 20h
Local: Praça dos Coqueiros
Entrada gratuita

Abertura da Vila de Páscoa
Sexta-feira, 22 de março, a partir das 20h
Local: Praça dos Pioneiros
Entrada gratuita

Via Sacra
Quarta-feira, 27 de março, às 20h30
Local: Praça dos Coqueiros
Entrada gratuita

Pesca Livre
Sexta-feira, 29 de março, das 7h às 18h
Local: Nossa Prainha
Entrada gratuita – atividade exclusiva para moradores de Holambra

Caça aos ovos
Sábado, 30 de março, das 16h às 20h
Local: Parque Cidade das Crianças
Entrada gratuita – atividade exclusiva para moradores de Holambra
16h – Abertura do Parque das Crianças
16h30 – Apresentação do espetáculo teatral: “Naquela Páscoa”
17h – Caça aos ovos
17h30 – Brinquedos infláveis, pintura facial, presença do Coelhinho da Páscoa e distribuição gratuita de pipoca

COMPARTILHE NAS REDES