Valinhos anuncia novas medidas protetivas contra a Covid-19 e cancela Festa do Figo

Valinhos anuncia novas medidas protetivas contra a Covid-19 e cancela Festa do Figo

Limitação de 50% do público em shows e eventos e orientação ao teletrabalho estão entre as medidas anunciadas

A prefeita de Valinhos, Capitã Lucimara, anunciou na tarde desta sexta-feira, dia 14, novas medidas protetivas para o enfrentamento à Covid-19 na cidade. Após reunião com o Comitê Municipal de enfrentamento à Covid, que é formado por representantes da sociedade, incluindo empresários e comerciantes, além de profissionais da Saúde da Prefeitura e Santa Casa, diretores de escolas, advogados, produtores rurais, representantes de entidades religiosas e secretários municipais, e sustentado nas orientações técnicas da área da Saúde, a prefeita Capitã Lucimara anunciou o cancelamento da edição deste ano da Festa do Figo e Expogoiaba, assim como já havia sido anunciado no ano passado em relação ao Carnaval na cidade, e também estabeleceu uma medida mais restritiva do que o Estado, com limitação de 50% do público em eventos esportivos, culturais, shows e festas na cidade, sempre com a obrigatoriedade do uso de máscaras e distanciamento.

Também estão cancelados todos os eventos organizados pela Prefeitura até o final do mês, incluindo aqueles já divulgados para este final de semana. Ainda, a prefeita anunciou a orientação para o Teletrabalho para áreas administrativas, tanto no setor público como privado, em situações que não interfiram no andamento das atividades das empresas. Pessoas obesas, idosas e imunossuprimidas são orientadas a evitarem circular em espaços públicos, bem como os não vacinados também. O retorno presencial dos alunos está mantido, bem como a obrigatoriedade do uso de máscaras, a importância da higienização das mãos e evitar sempre aglomerações.

“Desde o final do ano passado, já nos preparamos para este novo crescimento que se projetava na Europa e, certamente, chegaria ao Brasil. Então, com este planejamento, iniciamos 2022 já preparados para este momento, com todos os investimentos e ações necessárias para cuidar da Saúde dos valinhenses. O momento é de atenção, sim, e por isto estas medidas são necessárias. Vamos continuar o monitoramento, dia a dia, e se necessário apresentaremos novas ações, sempre com foco em cuidar da Saúde”, afirmou a prefeita Capitã Lucimara.

Estas ações foram necessárias na cidade pelo contexto em que a nova fase da Pandemia tem atingido, praticamente, todas as cidades do mundo, incluindo o Brasil e o Estado de São Paulo. Com os casos registrados no início do ano, Valinhos já tem, neste Janeiro de 2022, a maior média diária de novos casos confirmados de Covid desde o início da Pandemia. São 77 casos em média, diariamente, neste início de ano, contra 64 registrados em março do ano passado, período em que a cidade passou pela 2ª onda, a mais forte registrada da Pandemia de Covid em Valinhos.

Ainda, dia a dia, é alto o número de pacientes atendidos com sintomas respiratórios, por conta da Covid e Influenza, na unidade específica para este tipo de atendimento em Valinhos, no CEV1 – Centro de Especialidades de Valinhos, localizado na Avenida dos Esportes. Enquanto dezembro a média era de 60 pessoas atendidas por dia, nesta 2ª semana de Janeiro a média está em 330 pessoas atendidas por dia. Para isso, a Prefeitura ampliou em 200% o número de profissionais de Saúde e em 100% o número de médicos para atendimentos.

O secretário de Saúde, dr Gabriel Signorelli, ressalta que, embora altamente transmissível, a maior até hoje registrada, felizmente, a maioria dos casos são leves e os dados dos 2 hospitais da cidade apresentam pequeno aumento no número de internações em leitos de UTI e Enfermaria mas muito abaixo do registrado em março do ano passado. “Enquanto nesta sexta 29 pacientes encontra-se nos leitos dos 2 hospitais com sintomas gripais, em março do ano passado este número chegou a 139. Porém, em novembro e dezembro, dados divulgados pela Divisão de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde de Valinhos apontavam entre 8 e 9 internados e, assim, este aumento também é um fator de atenção para estas medidas anunciadas”, completou o secretário.

A procura por vacinação contra a Covid na cidade, neste início de Janeiro, chega a ser 100% superior ao registrado em Dezembro. A cidade tem, hoje, 99% dos jovens e adultos (acima de 12 anos) com ao menos uma dose e 93% com duas doses. Ainda, 36% dos vacinados com duas doses já foram aplicar a dose de reforço, também conhecida como 3ª dose. De 17 a 22 de dezembro, 2.521 doses de vacinas foram aplicadas e de 7 a 12 de janeiro foram 5.071, 101% a mais. A cidade, no total, já ultrapassa a marca de 240 mil doses aplicadas.   

A Prefeitura de Valinhos, por meio da secretaria de Saúde, deve receber neste final de semana, pelo Estado, as orientações e doses das vacinas contra a Covid-19 para serem aplicadas nas crianças, entre 5 a 11 anos. Tão logo receba estas orientações, a Prefeitura irá divulgar como será o processo de vacinação de crianças na cidade, que será iniciado na 2ª feira.

Resumo das ações anunciadas

Cancelamento de todos os eventos organizados pela Prefeitura de Valinhos até o final de Janeiro.

Cancelamento da Festa do Figo e Expogoiaba, que seria realizada em março deste ano.

Limitação de 50% da presença de público em shows, eventos e festas na cidade, mantendo a obrigatoriedade do uso de máscaras e distanciamento.

Orientação ao Teletrabalho para os setores administrativos.

Pessoas obesas, idosas e imunossuprimidas são orientadas a evitarem circular em espaços públicos, bem como os não vacinados também.

+ Fotos: