Rota das Bandeiras inicia nova etapa nas obras de reformulação dos trevos Carrefour e Galleria

Rota das Bandeiras inicia nova etapa nas obras de reformulação dos trevos Carrefour e Galleria

Divulgação/Rota das Bandeiras

Concessionária conclui a demolição do antigo viaduto do trevo Galleria e começa os trabalhos de fundação da nova estrutura
Concessionária conclui a demolição do antigo viaduto do trevo Galleria e começa os trabalhos de fundação da nova estrutura

A Rota das Bandeiras, empresa responsável pela administração do Corredor Dom Pedro, iniciou nesta quarta-feira, dia 15 de maio, os trabalhos de fundação para a implantação do novo viaduto do Trevo Galleria, na altura do km 131 da rodovia D. Pedro I, em Campinas. Na terça-feira (14), a Concessionária havia concluído a demolição do antigo viaduto, localizado na pista Norte (sentido Anhanguera).

Segundo Rodrigo Lemos, engenheiro responsável pela obra, a intervenção segue rigorosamente dentro do cronograma previsto. “Tudo está de acordo com o que foi projetado. Mesmo os fatores externos, como as condições climáticas e a ausência das chuvas, têm contribuído para o bom andamento dos trabalhos”.

Atualmente, a Rota das Bandeiras trabalha na remodelação dos trevos Galleria e Carrefour, além do reforço estrutural e alargamento para implantação do acostamento do viaduto do Sam’s Club, passagem inferior da Maria Fumaça e ponte Anhumas. Desde o dia 2 de maio, a pista norte da D. Pedro I conta com o bloqueio das vias expressas entre os km 131, no Galleria Shopping, e 134, próximo ao acesso à rodovia Governador Adhemar de Barros (SP-340).

Ainda ontem (14), o mesmo desvio foi implantado na pista sul (sentido Jacareí) da rodovia D. Pedro I. No primeiro dia de desvio, o pico de lentidão chegou a 5km de extensão, por volta das 18h.

O cronograma inicial da Concessionária prevê que o bloqueio das pistas expressas da rodovia, nos dois sentidos, permanecerá até o início de dezembro/2019. Os trabalhos têm aprovação da Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo). A reformulação dos trevos conta com investimento de R$ 40,3 milhões, totalmente custeado pela Rota das Bandeiras.

Toda a região conta com sinalização especial, inclusive para o período noturno, e o limite de velocidade no trecho foi reduzido para 60 km/h como forma de garantir a segurança dos motoristas que passam local e das pessoas que trabalham na obra. A região reúne importantes polos geradores de tráfego e tem um volume médio diário de 125 mil veículos.

Os motoristas que desejarem mais informações sobre a obra poderão entrar em contato com a Rota das Bandeiras por meio do telefone 0800-770-8070. A ligação é gratuita e o serviço funciona 24 horas. A Concessionária também faz a divulgação diária de informações em seus dois canais de redes sociais (Twitter e Facebook).