FUNDO SOCIAL

Valinhos

Curso gratuito de Salgado Assado do Fundo Social prepara para produção artesanal

Treinamento terá certificado

Os alunos do curso gratuito de Salgado Assado, oferecido pelo Fundo Social de Solidariedade (FSS), da Prefeitura de Valinhos, são orientados para a produção artesanal, capacitando para o mercado de trabalho ou somente para o preparo de uma farta mesa aos familiares.

Em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Nacional (Senai), os participantes aprenderam na tarde desta terça-feira (6) a fazer rosca salgada e fatia húngara com uma única massa.

A apostila dada aos participantes do curso é recheada de receitas, como a esfirra aberta e fechada, fogazza, pão de batata, pastel de forno, torta de frango e muitas outras.

A moradora do Macuco, Sônia Regina Zeolo Torrezin, já traça planos para levar sua produção para o mercado valinhense. “A ideia é fazer em casa, mas tentar comercializar. O que a gente aprende aqui é suficiente para dar segurança para fazer uma renda extra”, garantiu. Para ela, o curso traz muitos aprendizados. “É muito útil”, acrescentou.

Já a moradora do Jardim Paraíso, Maria Vanda Lima Ruiz, espera mesmo é surpreender os familiares com uma mesa farta e variada, mas com muita economia. “Recebo muita gente em casa, da família, da irmandade. Quero surpreender com minhas receitas”, confirmou. Segundo ela, o professor é muito bom e a apostila tem várias receitas. “Eu já aprendi muito aqui”, disse.

A cozinha industrial do Fundo Social está sob o comando do professor do Senai, o chefe de cozinha Primo Melaré. “Aqui elas aprendem todo o processo de manipulação, desde as boas práticas até rever todos os ingredientes, mas principalmente os métodos para a produção artesanal ou para comercializar”, adiantou o professor.

Segundo ele, quem optar em empreender na área alimentícia não terá dificuldades. “No curso é aprendido técnicas, que vão da teoria à prática”, definiu.

O aprendizado não é limita ao preparo das receitas. Durante o processo, o professor explica sobre a higienização na cozinha, cuidados com o meio ambiente e desperdício, análise do material usado, como a farinha e a variedade existente, armazenamento e descarte de produtos, tipos de contaminação, utilização adequado de equipamentos, como forno industrial, entre outros.

Ao término do curso, os participantes terão certificado.

COMPARTILHE NAS REDES

Valinhos

Bazares do Fundo Social retornam às atividades nesta segunda-feira (5)

Órgão aceita interessados no voluntariado o ano inteiro

 

O Fundo Social de Solidariedade (FSS), da Prefeitura de Valinhos, reabriu os bazares da sede do órgão e da rodoviária nesta segunda feira (5), após melhoria no local. O da sede mantém o mesmo horário de atendimento (segunda a sexta-feira, das 8h30 às 12h30 e das 13h30 às 16h), enquanto que no terminal rodoviário foi ampliado.

“Além do atendimento às segundas, quartas e sextas-feiras, das 8h30 às 16h, o bazar que funciona na rodoviária agora também abrirá às terças, das 8h30 às 12h”, detalhou o diretor do Fundo Social, Fábio Cuono.

Segundo ele, a ampliação no horário do bazar da rodoviária estava em estudo há algum tempo, visando melhor atender à população que transita na localidade.

Durante as férias, ambos os bazares passaram por limpeza completa, incluindo arrumação das roupas, sapatos e outros materiais. Também foram feitas as trocas de lâmpadas, favorecendo o atendimento.

“Estamos com ótimas novidades para todas as idades. Os bazares estão de portas abertas esperando todos aqueles que queiram comprar uma boa roupa, utensílios ou sapatos com ótimo preço”, garantiu o diretor.

Voluntariado

Moradores de Valinhos, que se interessem em colaborar com o Fundo Social, podem se voluntariar para ajudar no bazar da sede ou da rodoviária, além de outras atividades. Os interessados devem procurar a sede do órgão, que fica na Rua José Milani, nº 15, Centro, e que atende de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 12h30 e das 13h30 às 16h.

COMPARTILHE NAS REDES

RMC

Fundo Social de Solidariedade de Hortolândia amplia acesso a serviços oferecidos para população

Órgão recebeu a doação de um ônibus para realizar ações itinerantes; veículo já foi utilizado para oferecer serviço de corte de cabelo no Terminal Metropolitano, na tarde desta quinta-feira (28/12)

Fundo Social de Solidariedade de Hortolândia quer ir onde o povo está. Para isso, o órgão amplia o acesso aos seus serviços para a população carente que reside em regiões menos acessíveis da cidade. Para chegar até elas, o FunSol recebeu a doação de um ônibus da viação Lira, empresa que opera o transporte coletivo no município, na tarde desta quinta-feira (28/12). A entrega do veículo foi feita no Terminal Metropolitano, localizado na avenida Santana. Participaram do evento o prefeito José Nazareno Zezé Gomes, a primeira dama e presidente do FunSol, Maria dos Anjos, o secretário de Governo, Cafu Cesar, e Gilson Neves Grillo, gerente geral da viação Lira.

De acordo com o FunSol, o ônibus será utilizado em ações itinerantes que o órgão promoverá em diferentes regiões do município. Para marcar o início desse projeto, o ônibus ficou estacionado dentro do Terminal Metropolitano para oferecer serviço de corte de cabelo gratuito para a população, na tarde desta quinta-feira.

O gerente geral da viação Lira, Gilson Neves Grillo, explica que o ônibus foi reformulado nas partes elétrica e mecânica e recebeu adaptações. O veículo é equipado com duas cadeiras giratórias e duas bancadas com espelhos. A estrutura interna inclui ainda oito bancos de espera. Já na parte traseira, foi feito um compartimento para armazenar cargas. O espaço será útil para guardar materiais ou objetos recebidos em ações ou campanhas de arrecadação.

“Nesse primeiro momento, vamos disponibilizar um espaço na garagem da viação para a Prefeitura guardar o ônibus. Também vamos disponibilizar um motorista para conduzir o ônibus”, destacou o gerente geral da viação Lira, Gilson Neves Grillo. 

Para a presidente do FunSol, Maria dos Anjos, a doação do veículo é uma conquista importante para o órgão, que foi viabilizada graças à intermediação da Secretaria de Mobilidade Urbana junto à viação.

“Queremos agradecer a viação Lira pela doação do ônibus. Essa ação foi possível graças a um bate-papo que tivemos com o secretário de Mobilidade Urbana, Atílio André Pereira, que conversou com o senhor Belarmino, proprietário da empresa. Com esse ônibus vamos ter a possibilidade de levar os serviços do FunSol para a população carente que reside em regiões mais distantes da cidade”, salientou Maria dos Anjos.

A presidente do Funsol ressaltou ainda que será definida uma programação de ações a serem realizadas em 2024. A ideia é promover duas ações por mês, inclusive em parceria com as demais secretarias municipais.

O prefeito Zezé Gomes e o secretário de Governo, Cafu Cesar, a parceria representa um grande benefício para os moradores de todas as regiões da cidade, uma vez que eles poderão ter acesso aos serviços oferecidos pelo FunSol e pela Prefeitura.

COMPARTILHE NAS REDES