Da Redação

Da Redação

Conteúdo relacionado - Autor - Texto Principal

Valinhos competitiva

Valinhos competitiva

A Folha de Valinhos divulgou esta semana, com exclusividade, o Ranking de Competitividade dos Municípios, elaborado pelo Centro de Liderança Pública (CLP) em parceria com a startup Gove e a consultoria Seall. Aliás, nas últimas três semanas a Folha além deste novo índice, trouxe seguidamente três outros importantes, o que retrata a Taxa de Mortalidade Infantil, da Fundação Seade, no qual Valinhos tem posição invejável; o Índice Firjan de Gestão Fiscal, produzido pela Federação das Indústrias do Rio de janeiro – Firjan e o ranking das 100 Melhores Cidades para se Fazer Negócios, elaborado pela Consultoria Urban System e Revista Exame, no qual Valinhos também se destaca. Dentro de sua prática jornalística a Folha de Valinhos é o único órgão de imprensa da cidade que, nos últimos dez anos, valoriza, tanto em sua edição impressa, como em suas plataformas digitais, os índices e dados que referendam a qualidade de vida do município, pois acredita que, mais que cobrar a Administração Municipal de cumprir com sua função social, é preciso também mostrar para ela e para a comunidade o quão Valinhos se destaca no cenário nacional e a responsabilidade de cada mandatário que senta na cadeira localizada no piso superior do Palácio da Independência tem em manter ou melhorar cada um deles.

Acreditamos que é através de informações técnicas e números, balizados por pesquisas e estudos, que os gestores públicos podem olhar o futuro com mais clareza e definir em seus Planos de Governo, Planos Plurianuais ou mesmo no Orçamento Municipal políticas públicas que de fato possam continuar a fazer Valinhos uma das principais cidades brasileiras tanto para se morar quanto para se investir.

Neste novo índice que divulgamos esta semana, embora a cidade tenha caído algumas posições, ela continua dentro do seleto grupo das 100 cidades mais competitivas do Brasil. É importante levar em conta que dentro
dos 13 indicadores da qualidade de vida analisados pelo Centro de Liderança Pública (CLP) em parceria com a startup Gove e a consultoria Seall, há um reflexo claro da crise econômica e dos impactos da pandemia.

Ao se posicionar em 68º lugar, com nota 56,41, à frente de algumas capitais brasileiras e de grandes cidades, Valinhos continua sim, por sua localização sobretudo no saneamento básico, sendo uma cidade competitiva.
Na edição 2021 do Ranking de Competitividade dos Municípios, uma importante novidade foi acrescida e que, havendo maturidade política e interesse da equipe da prefeita Lucimara Godoy Vilas Boas (PSD) em querer, num primeiro momento entender esses dados e num segundo levar a cabo projetos e ações que os aprimore, Valinhos estará no rumo certo em relação a sustentabilidade aos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável – ODS – instituído pela ONU e, que cada localidade precisa dar cabo de equacionar.

No Ranking de Competitividade dos Municípios 2021 foram incluídas duas camadas: a ESG (Governança e Responsabilidade Social e Ambiental) e a dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). E partindo desses dados é possível também estabelecer dois rankings específicos, o da ESG e o da ODS. No Ranking ODS, Valinhos é de 23ª cidade do Brasil, com nota 73,67 e no Ranking ESG a 26ª, com nota 81,25.

É importante que a Administração Municipal, ainda em seu primeiro ano, saiba que a partir de 2022 esses mesmos índices irão refletir grande parte das tomadas de decisões que a equipe fez ao longo de 2021. Assim, de grande valia seria se debruçar sobre cada um desses números e estabelecer prioridades. 

Vivemos num mundo onde a tecnologia tem ajudado e facilitado aos governos entender, de maneira clara e objetiva, como algumas medidas básicas junto à comunidade podem refletir na melhoria da qualidade de vida que, pode agora ser mensurada tecnicamente. Assim, acreditamos que a gestão da prefeita Lucimara tem o ‘garfo e a faca’ nas mãos para que, balizados com dados e informações, possa fazer uma gestão eficiente e que lá na frente possa estar refletida positivamente nos principais índices de qualidade de vida e manter Valinhos entre as 100 cidades mais competitivas.