Valinhos passa a aplicar dose adicional a vacinados com a Janssen

Valinhos passa a aplicar dose adicional a vacinados com a Janssen

Cerca de 3.341 pessoas no município que foram vacinadas com o imunizante da Janssen, passam a receber a partir desta quinta-feira, dia 2, a dose adicional de vacina contra a Covid-19. Segundo a Secretaria de Saúde de Valinhos eles deverão receber como dose adicional a vacina da Pfizer preferencialmente ou com os demais imunizantes em estoque disponibilizados pelo Governo do Estado.

Segundo a Secretaria de Saúde, a intercambialidade de vacinas respeita documento técnico do governo de São Paulo, que permite a utilização dos demais imunizantes (Pfizer, AstraZenica e Coronavac) em caso de indisponibilidade de doses da Janssen, respeitando neste caso o intervalo de 61 dias entre a primeira vacina e a dose adicional.

“Em nossa cidade, 90% do público-alvo da vacinação contra a Covid-19 já estão completamente imunizados, sendo que 9 entre 10 valinhenses com mais de 12 anos, público-alvo autorizado no Brasil para a vacinação contra a Covid-19, já receberam as respectivas doses de intervalo, muitos incluindo a dose de reforço, chamada de 3ª dose. Assim, caminhamos para uma maior imunização de nossa população, com índices superiores a países como os Estados Unidos, Austrália, Itália, França, Suíça, Alemanha e a média de todos os países europeus”, destacou a prefeita Capitã Lucimara.

De acordo com a Vigilância Epidemiológica de Valinhos, a aplicação da dose adicional aos vacinados com a Janssen é estabelecida com base na orientação da unidade regional do CVE Campinas (Centro de Vigilância Epidemiológica).

“Estamos orientando a todos os moradores de Valinhos que receberam a Janssen que a aplicação da dose adicional deve ter um intervalo de 61 dias contados a partir do dia seguinte da aplicação da primeira vacina e será com o imunizante que estiver disponível no momento conforme as recomendações do CVE estadual. Quem não tiver preferência por vacina já pode ser vacinado com as doses dos demais fabricantes em nosso estoque e hoje receberemos doses da Pfizer especificamente para esta finalidade”, informou a enfermeira Priscila Fini Botter, da coordenação da Campanha.

Demanda espontânea

A vacinação da dose adicional da Janssen, assim como para quem tomou os demais imunizantes, mantem-se sem a necessidade de agendamento, por demanda espontânea, em Valinhos. Basta comparecer aos locais indicados pela Prefeitura, nos horários estabelecidos, para receber a 1ª, 2ª ou dose de reforço (veja abaixo horários e pontos de vacinação).

- Posto fixo da Vigilância Epidemiológica: o posto funciona na Avenida Brasil nº 144 (em prédio anexo à UBS da Vila Santana) com aplicação de doses da Coronavac, AstraZeneca e Pfizer, de 2ª a 6ª feira, das 16h00 às 18h30;

- CETS: localizado na Rua Bahia snº, Vila Santana, com aplicação das doses da Coronavac, AstraZeneca e Pfizer, de 2ª a 6ª feira, das 8h00 às 11h00 e das 13h00 às 15h00;

- UBS’s: aplicação apenas de doses da Pfizer entre 13h00 e 15h00, de 2ª a 6ª feira, com a entrega de 30 senhas, sendo:

De 2ª feira: UBS Bom Retiro, UBS Jardim Jurema, UBS São Marcos, UBS Parque Portugal, UBS Pinheiros e UBS Vila Santana;

De 3ª feira: UBS Paraíso, UBS Jardim Pinheiros, UBS Jardim Jurema e UBS Imperial;

De 4ª feira: UBS Maracanã, UBS Macuco, UBS Imperial e UBS Portugal;

De 5ª feira: UBS Maracanã, UBS São Marcos, UBS Bom Retiro, UBS Vila Itália e UBS Frutal;

De 6ª feira: UBS Frutal, UBS Paraíso, UBS São Bento, UBS Vila Itália e UBS Vila Santana;

INTERVALOS ENTRE AS DOSES:

Janssen: a partir dos 18 anos e com intervalo de 61 dias entre a primeira vacina e a dose adicional, contados a partir do dia seguinte da aplicação da primeira dose, com imunizante da Pfizer ou demais imunizantes na indisponibilidade deste ou da própria vacina da Janssen. Aplicação no CETS e posto da Vigilância Epidemiológica;

Pfizer (disponível para munícipes acima de 12 anos)
- de 12 a 17 anos: intervalo de 56 dias entre a 1ª e 2ª dose, contados a partir do dia seguinte da aplicação da 1ª dose;
- adultos (a partir de 18 anos): intervalo de 21 dias entre a 1ª e a 2ª dose, contados a partir do dia seguinte da aplicação da 1ª dose; e intervalo de 152 dias entre a 2ª e 3ª dose;

AstraZeneca (disponível para adultos, a partir de 18 anos, no CETS e posto da Vigilância Epidemiológica)
- adultos (a partir dos 18 anos): intervalo de 56 dias entre a 1ª e a 2ª dose, contados a partir do dia seguinte da aplicação da 1ª dose; e intervalo de 152 dias entre a 2ª e 3ª dose;

Coronavac (disponível para adultos a partir dos 18 anos no CETS e posto da Vigilância Epidemiológica)
- adultos (a partir de 18 anos): intervalo de 21 dias entre a 1ª e a 2ª dose, contados a partir do dia seguinte da aplicação da 1ª dose; e intervalo de 152 dias entre a 2ª e 3ª dose.

+ Fotos: