Valinhos amplia em 200% o número de profissionais de Saúde para atendimentos de casos gripais

Valinhos amplia em 200% o número de profissionais de Saúde para atendimentos de casos gripais

O número de médicos foi ampliado em 100% em relação ao início de dezembro

Desde segunda-feira, dia 10, a unidade exclusiva preparada pela Prefeitura de Valinhos, para atendimento de casos de sintomas gripais, está com 200% a mais de profissionais de Saúde para atendimentos dos pacientes com sintomas gripais. Até o início de dezembro, a unidade do CEV1 – Centro de Especialidades de Valinhos, que fica na Avenida dos Esportes, contava com 4 profissionais de Saúde, sendo 2 médicos, para atendimentos. No final de dezembro, este número de profissionais foi ampliado para 8, sendo 3 médicos, 2 enfermeiros e 2 técnicos de enfermagem. E agora, desde segunda, dia 10, a unidade conta com 12 profissionais, sendo 2 recepcionistas, 3 enfermeiros, 3 técnicos de enfermagem e 4 médicos.

“Esta é uma das medidas que adotamos frente ao aumento de casos de sintomas gripais que temos observado em Valinhos e que segue a tendência de praticamente todos os países do mundo. Temos monitorado hora a hora as demandas para, justamente, planejarmos novas ações e, sobretudo, com foco no atendimento de todos. É um cenário que preocupa, mas reforçamos que, felizmente, os casos são leves e temos atendidos a todos, mais de 330 pessoas, em média, por dia, nesta semana”, afirmou a prefeita Capitã Lucimara.

Ainda, além do aumento do número de profissionais, de 4 para 12, a Prefeitura de Valinhos, por meio da divisão da Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde, intensificou treinamentos com as equipes do CEV1 para qualificar e dinamizar, ainda mais, os atendimentos dos pacientes com sintomas gripais. Este treinamento é focado nas novas atualizações do último protocolo federal para atendimento ao Covid-19 e síndromes gripais e respiratórias em geral, publicado em Janeiro deste ano. Entre os itens do treinamento, estão o espaço da triagem, da recepção, da notificação de casos positivos e suspeitos e coletas de exames para diagnóstico laboratorial do Covid19 (pesquisa de antígeno para pacientes do 1° ao 7° dia de sintomas e o RT-PCR para Covid-19 aos pacientes com mais de 7 dias de sintomas, sendo possível realizar a coleta desse exame até 14 dias após o início dos sintomas).

Além destas ações, também está previsto já a partir deste sábado, dia 15, a utilização de novas áreas internas do CEV1, possibilitando assim um espaço maior para conforto aos pacientes que aguardam o atendimento. Também foi criada uma linha direta entre a equipe de atendimento ao Covid no CEV1 e a divisão de Vigilância Epidemiológica, de segunda a segunda, em que o enfermeiro André Vansan Silva estará disponível para qualquer necessidade de orientações sobre protocolos de atendimento, protocolos de exames para diagnóstico laboratorial e para discussão de casos de maior complexidade, como por exemplo casos de suspeita das variantes do Covid-19, Flurona, Ômicron, Delta e a nova variante da influenza H3N2.

Na tarde desta sexta-feira, o secretário de Saúde, dr Gabriel Signorelli, com a prefeita Capitã Lucimara, irão participar da reunião do Comitê Municipal de Enfrentamento à Covid-19 para debater novas ações que podem ser implantadas na cidade para, ao mesmo tempo, dar sequência a estas ações de ampliação no atendimento médico e, também, implantar restrições sobretudo para evitar aglomerações na cidade.