Saúde conclui modernização e reforma de ultrassom no Paraíso

Saúde conclui modernização e reforma de ultrassom no Paraíso

Equipamentos são de última geração para atender pacientes com mais qualidade e segurança; exames devem ser retomados em ritmo acelerado no fim do mês
Equipamentos são de última geração para atender pacientes com mais qualidade e segurança; exames devem ser retomados em ritmo acelerado no fim do mês

A Secretaria de Saúde de Valinhos está concluindo a reforma e modernização da sala de exames de ultrassom, na Unidade Básica de Saúde (UBS) Jardim Paraíso. Os equipamentos e mobiliário são de última geração para atender os pacientes com mais qualidade e segurança. Os exames devem ser retomados em ritmo acelerado no fim do mês.

A Prefeitura contratou, por licitação, uma nova empresa para realizar os exames de ultrassom na UBS do Paraíso porque o contrato com a empresa anterior expirou. A nova empresa promoveu reforma e adequações na estrutura da sala de exames, instalou novos móveis e equipamentos modernos.

Durante a quarentena provocada pela pandemia do coronavírus, Saúde realizou apenas exames urgentes de ultrassom, obedecendo protocolos definidos pelo governo federal e estadual. No fim do mês, deve ser retomada a agenda atrasada pela quarentena.

De acordo com o diretor da Secretaria de Saúde, Jorge De Lucca, são realizados mensalmente em média 775 exames de ultrassom pela rede municipal de Valinhos. Na quarentena, foram priorizados casos urgentes e cerca de 2,5 mil solicitações de exames estão aguardando atendimento, que será feito a partir do fim do mês.

De Lucca explicou que a Saúde vai entrar em contato com os pacientes que tiveram exames solicitados, de acordo com a prioridade dos casos, para marcar ou remarcar o exame. “Vamos priorizar os casos que precisam de atendimento mais rapidamente, já que os casos urgentes foram atendidos. A meta é retomarmos o trabalho em ritmo acelerado”, disse.

Os exames de ultrassom mais realizados pela Saúde de Valinhos são obstétricos de 12 semanas, com a média de 100 por mês. Também são bastante requisitados, com média de 80 exames por mês cada um, os de articulação, mamária lateral e transvaginal. Ultrassom obstétrico morfológico tem demanda de 70 em média por mês. Os menos solicitados, média de cinco exames por mês, são de próstata via transretal e doppler arteriais renais.

A empresa que venceu a licitação, na modalidade pregão presencial, é a Rontgen & Ludwig Serviços de Radiologia Médica, pelo prazo de um ano.