Índice de vacinação de gripe em crianças continua abaixo da meta

Índice de vacinação de gripe em crianças continua abaixo da meta

 Balanço da Secretaria da Saúde indica que apenas 34,7% as crianças da cidade tomaram a vacina e a meta é chegar a 90%
Balanço da Secretaria da Saúde indica que apenas 34,7% as crianças da cidade tomaram a vacina e a meta é chegar a 90%

A vacinação contra gripe de crianças de 6 meses a menores de 6 anos em Valinhos está muito abaixo da meta. Balanço da Secretaria da Saúde do último dia 21, indica que apenas 34,7% as crianças da cidade tomaram a vacina e a meta é chegar a 90%. A campanha nacional está sendo realizada em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e vai até o dia 5 de junho, das 8h30 às 13h.

“Todas as crianças com idade de 6 meses a menores de 6 anos devem ser vacinadas. A cobertura dessa população em Valinhos continua muito abaixo do esperado, assim como de gestantes. Até quinta, 2.441 doses foram aplicadas em crianças, correspondente a 34,7% do público alvo”, disse a diretora do Departamento de Saúde Coletiva, Claudia Maria dos Santos.

Segundo a Secretaria da Saúde, a população estimada nessa faixa etária é de 7.029 crianças em Valinhos. O número de gestantes é estimado em 1.034 mulheres, mas apenas 331 delas receberam as doses, cobertura de 32,01%. Em 2019, a cobertura desses dois grupos chegou a 80%, também abaixo da meta.

A terceira fase da campanha também é voltada a puérperas até 45 dias, sendo que 79 delas se vacinaram (46,47%), adultos de 55 a 59 anos (768 doses foram aplicadas, o que representa 13,78% deste público alvo), além de pessoas com deficiência.

Na quarta-feira (20), a Secretaria de Saúde de Valinhos recebeu um lote com 2.600 vacinas. A Secretaria reforça que moradores do grupo de risco das fases anteriores da campanha que ainda não se vacinaram devem procurar as Unidades Básicas de Saúde para se vacinar. Em Valinhos, o público alvo é de 37,8 mil pessoas e a meta do Ministério da Saúde é vacinar 90% dessa população.

Cobertura

Segundo a Secretaria de Saúde, foram vacinados na cidade 15.993 idosos, correspondentes a 120,37% do público alvo, e 3.419 profissionais da saúde, 118,55% do público alvo, superando as metas do Ministério da Saúde.

Na segunda fase, 5.816 pessoas do grupo estimado em 6.988 moradores receberam a vacina, 75% do total. O grupo da segunda fase é formado por profissionais das forças de segurança e salvamento, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade, caminhoneiros, motoristas de transporte coletivo e portuários e povos indígenas.