Em 24 horas Valinhos contabiliza 15 novos casos de Covid-19

Em 24 horas Valinhos contabiliza 15 novos casos de Covid-19

Somente esta semana foram 57 novos casos, uma média de 11,4 casos por dia e um crescimento de 48,71% em relação aos números da semana anterior, que era de 117 casos
Somente esta semana foram 57 novos casos, uma média de 11,4 casos por dia e um crescimento de 48,71% em relação aos números da semana anterior, que era de 117 casos

Boletim da Secretaria da Saúde divulgando nesta sexta-feira, dia 29, contabilizou o registro de 15 novos casos de Covid-19 em Valinhos nas últimas 24 horas. Com os novos casos, o município totaliza 174 casos da doença e 10 óbitos. 

Os números revelam, segundo os técnicos da Saúde, que a cidade mantém uma curva de contaminação acelerada nas últimas semanas, consequência do relaxamento do isolamento social por conta de parte da população. Somente nesta semana – de 25 a 29 de maio – foram 57 novos casos, uma média de 11,4 por dia e um crescimento de 48,71% em relação aos números da semana anterior, que era de 117 casos.

Neste momento Valinhos têm 33 pacientes internados (com suspeita ou confirmados) de coronavírus, sendo 18 em UTIs (10 na Santa Casa e 8 no Hospital Galileo) e outros 15 em enfermarias (11 na Santa Casa e 4 no Galileo).

A taxa de ocupação das UTIs caiu e chegou a 50%, segundo informações oficiais dos hospitais à Secretaria Municipal de Saúde. Dos 36 leitos disponíveis, 18 estão ocupados.

Dos 174 casos confirmados, 104 são de moradores de Valinhos e 70 informaram que residem em outros municípios. A Secretaria da Saúde contabiliza casos de munícipes e não munícipes confirmados com covid-19 na mesma tabela de dados, já que todos os não munícipes com exames positivos têm alguma ligação com a cidade, como atividades profissionais, parentes e imóveis de veraneio (chácaras para finais de semana).

Dos novos casos confirmados dez são valinhenses, sendo dois são do Jurema, dois do Jardim América e dois do Lenheiro. Pinheiros, que é o bairro com maior número de registros (11), São Bento, Alto da Colina e Jardim do Lago tiveram um caso cada. Cinco são das cidades de Campinas e de Itatiba.

Os casos suspeitos de coronavírus agora são 145 no Município nesta sexta-feira. O número de mortes suspeitas caiu de quatro para duas. Todos esses casos suspeitos aguardam resultados de exames do Instituto Adolfo Lutz.

Alteração

A Secretaria de Saúde de Campinas informou na última terça-feira, dia 26, à Secretaria da Saúde de Valinhos que o homem de 69 anos que havia morrido no dia 5 de abril na Santa Casa não era morador de Valinhos. Ele tinha sido internado com o endereço de um familiar, mas residia na cidade vizinha. Dessa forma, o registro será alterado para óbito de não munícipe em Valinhos.

Valinhos tem então dez óbitos por covid-19 confirmados, sendo 4 de moradores e 6 de não moradores.

Fique em casa

A recomendação do Ministério da Saúde, da Secretaria de Estado da Saúde e da Organização Mundial da Saúde é para que as pessoas evitem sair de casa. O isolamento social é a melhor forma de se proteger do coronavírus.

Confira os registros:

Dia 29/05/20, até 13h

- 104 positivos (96 recuperados, 4 internados e 4 óbitos)

- 70 positivos não munícipes (59 recuperados, 5 internados e 6 óbitos)

- 145 suspeitos em investigação

- 06 óbitos confirmados de não munícipes

- 04 óbitos confirmados de munícipes

- 248 casos descartados

- 02 óbitos em investigação 

- 24 óbitos descartados

- 18 pacientes suspeitos internados em UTI, sendo 10 na Santa Casa e 8 no hospital Galileo

- 15 pacientes suspeitos internados em enfermarias, sendo 11  internados na Santa Casa e 4 no Galileo

Lista completa dos casos confirmados de Covid-19 em Valinhos por bairro:

- 11 no Jardim Pinheiros

- 10 no Jardim Paiquerê

- 5 no Ortizes

- 4 no Santa Cruz

- 4 no Roncáglia

- 4 no Parque das Colinas

- 4 no Chácara das Nações

- 4 no Jardim Alto da Colina

- 3 na Vila Embaré

- 3 no Parque Nova Suíça

- 3 na Vila Pagano

- 3 no Parque Portugal

- 3 no Jardim do Lago

- 2 no Jardim Recanto

- 2 no Jardim Ribeiro

- 2 no Lenheiro

- 4 no Jardim Jurema

- 2 no Dois Córregos

- 2 no Jardim São Marcos

- 2 na Vila Sônia

- 2 no Fazenda São José

- 2 no Jardim Alto da Boa Vista

- 1 no Jardim Santa Helena

- 1 no Jardim Nova Palmares

- 1 no Jardim Nova Palmares 2

- 1 na Vila Olivo

- 1 na Vila Angeli

- 1 na Vila Faustina 2

- 1 no Jardim Santa Rosa

- 1 Santa Gertrudes

- 1 na Vila Santana

- 1 São Bento

- 1 no Vale Verde

- 1 no Joapiranga

- 1 no Nova Era

- 1 no Parque Santana

- 1 no Jardim São Jorge

- 1 no Jardim Santo Antônio

- 1 no Jardim Centenário

- 1 no Jardim Soleil

- 1 na Chácara São Bento

- 1 no Jardim Lorena

- 1 no Jardim Samambaia

- 1 no Jardim América

- 70 moradores de outras cidades

Mortes confirmadas

- Homem de 69 anos, morreu no dia 5 de abril na Santa Casa, onde estava internado desde o dia 1 de abril. O paciente tinha histórico de neumopatia crônica, cardiopatia e diabetes.

- Homem de 64 anos, internado no dia 26 de março e morreu no dia 29. Tinha histórico de pressão alta.

- Homem de 90 anos, internado no dia 2 de abril na Casa de Saúde, em Campinas, e teve alta no dia 4. Voltou a ser internado por complicações da doença no dia 9 e morreu no dia 14 de abril.

- Homem de 82 anos, internado na UTI Santa Casa dia 14 de abril e morreu dia 17 de abril. Morador de Campinas (Jardim Centenário), tinha comorbidades (doença neurológica, doença cardiovascular, diabetes e doença renal) e mantinha vínculos com Valinhos.

- Homem de 83 anos  internado na UTI do Hospital Galileo no dia 26 de abril. Morreu dia 26. Ele tinha comorbidades (doença cardiovascular e diabetes) e morava no bairro Brasil, em Itu (SP), mas mantinha vínculo com o município.

- Mulher de 71 anos, foi internada no Hospital Galileo no dia 23 de março e morreu no dia 5 de abril. Ela tinha doença cardiovascular. Moradora de Amparo e mantinha vínculos com Valinhos.

- Mulher de 83 anos, moradora do Parque das Colinas, internada dia 2 de maio na Santa Casa. Morreu no mesmo dia. Tinha histórico de doença cardiovascular.

- Um homem de 51 anos, morador da Vila Sônia. Tinha histórico de doença cardiovascular. Foi internado na UTI da Santa Casa dia 7 de maio e morreu dia 17.

- Uma mulher de 68 anos que tinha histórico de pneumopatia crônica. Foi internada na UTI Santa Casa dia 11 de maio e morreu dia 18. Moradora de Campinas.

- Um homem de 84 anos, sem comorbidades. Foi internado na UTI da Santa Casa no dia 21 de maio e morreu no dia 26. Morador de Campinas.