Covid-19: Valinhos tem mais 77 casos e 3 mortes

Covid-19: Valinhos tem mais 77 casos e 3 mortes

A Secretaria da Saúde confirmou nesta terça-feira, dia 12, mais três mortes e 77 novos casos de covid-19. A cidade tem agora 5.075 casos positivos e 212 mortes. A taxa de ocupação dos leitos de UTI na cidade é de 74,4% nos dois hospitais (Galileo e Santa Casa). A taxa de ocupação dos leitos de UTI disponibilizados somente pela Santa Casa é de 100% desde dezembro.

O mês de janeiro já registrou 338 casos, média de 10,90 casos por dia, e 13 mortes. O ápice da pandemia aconteceu entre julho e agosto de 2020. Julho registrou 1062 casos, média de 34,2 casos por dia; Agosto teve 809 casos, média de 26,9 por dia.

Dos 212 casos de óbitos pela covid-19 confirmados na cidade, 133 eram moradores de Valinhos e 79 viviam em outros municípios.Os casos suspeitos caíram para 786 no município nesta terça-feira. O número de mortes em investigação subiu para nove. Há ainda 6.500 casos descartados.

A Secretaria da Saúde contabiliza casos de munícipes e não munícipes confirmados com covid-19 na mesma tabela de dados, já que todos os não munícipes com exames positivos têm alguma ligação com a cidade, como atividades profissionais, parentes próximos e imóveis de veraneio e foram tratados pelo sistema valinhense de saúde. A divulgação dos dados, no entanto, discrimina quem são moradores e não moradores.

A taxa de recuperação dos pacientes com resultado positivo para covid-19 em Valinhos caiu de 94,8% para 94,7% nesta terça-feira. Das 5.075 pessoas que foram confirmadas com a doença desde o início da pandemia na cidade, 4.810 se recuperaram.

Confira os registros:

12/01/2021 - Até 15h

- 5.075 casos confirmados, sendo 3.541 positivos munícipes (3.375 recuperados, 17 internados e 133 óbitos) e 1.534 positivos não munícipes (1.435 recuperados, 13 internados e 79 óbitos)

- 212 óbitos confirmados, sendo 133 moradores da cidade e 79 de não munícipes

- 786 suspeitos em investigação

- 9 óbitos em investigação 

- 6.500 casos descartados

- 147 óbitos descartados

- Taxa de ocupação de UTI: 74,4%