Covid-19: Valinhos registra mais 110 novos casos

Covid-19: Valinhos registra mais 110 novos casos

A Secretaria da Saúde confirmou nesta quarta-feira,dia 13, mais 110 novos casos de covid-19, chegando a 448 casos registrados em janeiro, média de 14,45% casos por dia. A cidade tem agora 5.185 casos positivos e 212 mortes.

A taxa de ocupação dos leitos de UTI na cidade é de 79% nos dois hospitais (Galileo e Santa Casa). A taxa de ocupação dos leitos de UTI disponibilizados somente pela Santa Casa é de 100% desde dezembro, o que mostra a manutenção da tendência de agravamento do cenário da pandemia na cidade. Durante o pico da pandemia, a Santa Casa já chegou a receber 34 pacientes em sua UTI, que é sua capacidade máxima.

O município foi classificado pelo Governo do Estado entre os 62 locais em estado de alerta para a covid-19 em São Paulo e regrediu para a Fase Amarela. Com isso, as atividades de comércio e serviços voltaram a ter restrições, como redução da capacidade de receber clientes, limite máximo de 10 horas de abertura por dia e fechamento dos estabelecimentos até 22h. Os eventos com as pessoas em pé também voltaram a ser suspensos.

Os casos suspeitos caíram para 760 no município nesta quarta-feira. O número de mortes em investigação se manteve em nove. Há ainda 6.553 casos descartados. Dos 212 casos de óbitos pela covid-19 confirmados na cidade, 133 eram moradores de Valinhos e 79 viviam em outros municípios.

A taxa de recuperação dos pacientes com resultado positivo para covid-19 em Valinhos é de 94% nesta quarta-feira. Das 5.185 pessoas que foram confirmadas com a doença desde o início da pandemia na cidade, 4.879 se recuperaram.

Confira os registros: 13/01/2021 - Até 16h

- 5.185 casos confirmados, sendo 3.630 positivos munícipes (3.423 recuperados, 17 internados e 133 óbitos) e 1.555 positivos não munícipes (1.456 recuperados, 13 internados e 79 óbitos)

- 212 óbitos confirmados, sendo 133 moradores da cidade e 79 de não munícipes

- 760 suspeitos em investigação

- 9 óbitos em investigação 

- 6.553 casos descartados

- 147 óbitos descartados

- Taxa de ocupação de UTI: 79%