Vereadores cobram sanção da Lei para preservar lagoa da antiga Rigesa

Vereadores cobram sanção da Lei para preservar lagoa da antiga Rigesa

Vereadores subiram na tribuna da Câmara nesta terça-feira, dia 30, para apelar à prefeita Capitã Lucimara (PSD) que sancione a lei que declara a lagoa da antiga Rigesa como bem de valor histórico-cultural de Valinhos. O tombamento da lagoa foi proposto pelos vereadores Henrique Conti (PTB) e Alécio Cau (PDT) e teve a aprovação de todos os vereadores. Agora, o projeto está nas mãos da prefeita aguardando a publicação oficial. Havia a expectativa de que a lei saísse na Imprensa Oficial de terça, mas a publicação não veio.

Na prática, o tombamento deve preservar a lagoa, evitando a sua destruição, aterramento e qualquer tipo de obra que venha modificar sua característica. Segundo os autores do projeto, a lagoa está inserida no cenário urbano da cidade há mais de 80 anos e, além de valor histórico, possui importância para os animais, flora e para drenagem das águas da chuva.

A preocupação com a lagoa aumentou ainda mais com a crise hídrica enfrentada na cidade e após serem verificados movimentos de empreendedores no local.

Um grupo de manifestantes ocupou parte do plenário erguendo cartazes com os dizeres “Sanciona, prefeita!”.

A lei precisa ser sancionada para entrar em vigor. Caso a prefeita não concorde e vete o projeto, ele volta à Câmara para nova análise dos vereadores. Nesta terça, alguns parlamentares já adiantaram que caso isso ocorra, o veto será derrubado em plenário, e a lei deverá ser publicada pelo presidente da Câmara, vereador Franklin (PSDB).

“Espero que a Prefeita sancione esse projeto sim. Pode ter certeza de que essa Câmara está empenhada em ajudar e a cobrar a Prefeitura”, ressaltou o vereador Rodrigo Toloi (DEM).

Para o vereador Marcelo Yoshida (PT), o tombamento da lagoa garante o direito à memória e à história da cidade. “Os empreendimentos vêm aqui e apagam a nossa história, cancelam nossa história, e nós não podemos nos calar diante disso. Salve a lagoa. Sancione, prefeita”, pediu.

O vereador Alexandre Japa (PRTB) destacou que a cidade toda está pedindo a publicação da lei. “É um coro na cidade para que ela sancione esse projeto e salve a lagoa da Rigesa o quanto antes. Somos cobrados o tempo todo e temos que dar a explicação que estamos aguardando, cobrando”, informou.

“O que a prefeita tem que fazer é parar de enrolar a população (...) Se for sancionar, sanciona logo para que a lagoa seja protegida. E se for vetar, veta logo também para que a gente possa derrubar esse veto em plenário e garantir a legalidade do processo de tombamento da lagoa”, concluiu o vereador Alécio Cau (PDT).