Vereadores aprovam projeto que abona faltas de servidor efetivo

Vereadores aprovam projeto que abona faltas de servidor efetivo

Luiz Felipe Leite
Repórter

Os vereadores aprovaram na sessão de terça-feira, 18, o projeto de lei do prefeito Orestes Previtale (PMDB) que concede ao servidor público efetivo o direito de até seis faltas abonadas no ano como prêmio pela assiduidade. De acordo com a mensagem encaminhada pelo Poder Executivo, a proposta não gera despesas à Prefeitura e tem a intenção de valorizar o servidor e melhorar o serviço público prestado à população.

O projeto, que aguarda sanção do prefeito, prevê que poderá ser abonada uma falta por bimestre. O servidor que já tiver faltado no bimestre anterior por qualquer outro motivo, que não seja o previsto nesse projeto, não terá direito ao benefício. Quem tiver desconto por atraso, tiver trabalhado menos de 30 dias no bimestre anterior ou for objeto de processo administrativo disciplinar ou penalidades administrativas também não terá direito à falta abonada.