Tonetti recua sobre saída do PT e filia-se ao PDT

Tonetti recua sobre saída do PT e filia-se ao PDT

Candidato derrotado na eleição municipal de 2012, Alexandre Tonetti se desligou do PT e agora é o novo presidente do PDT. O anúncio aconteceu na mesma semana em que Rodrigo Toloi, presidente da Câmara de Vereadores, comunicou que seria pré-candidato à prefeitura no pleito deste ano.
Tonetti escreveu um comunicado aberto em seu perfil no facebook no último domingo, 13, informando a decisão da mudança de partido. Com ele, também migraram para a sigla Alecio Cau, Rogério Alves e o vereador Léo Godói.
A chegada de Alexandre Tonetti ao PDT provocou a saída de Rodrigo Toloi da sigla, que foi anunciada na sessão da terça-feira, 15.  O vereador se filiou ao DEM e afirmou que não houve contato entre ele e Tonetti. “Não tenho porque conversar com o Tonetti, não quero conversar com o Tonetti, não tenho nada contra. Não tenho nada contra o PDT, o que passou fica para trás, mas eu não quero conversa com o Tonetti e o PDT”.
No entanto, durante coletiva de imprensa concedida pelo arquiteto Alexandre Tonetti na quarta-feira, 16, o novo pedetista afirmou que as negociações para a mudança de partido começaram pelo próprio Rodrigo Toloi, que teria oferecido o partido a ele, confrontando com a declaração do presidente da Câmara dizendo que não teria conversado com Tonetti. A aproximação teria começado em 22 de fevereiro através de uma ligação e dois dias depois foi marcada uma reunião em que Rodrigo Toloi teria oferecido para Alexandre Tonetti o PDT, a presidência do partido e a candidatura a prefeito.
“Na sessão da Câmara do dia 8 (de março), após várias ligações que fiz para o Toloi para a gente começar a alinhar e não obter retorno, ele lançou a pré-candidatura dele pelo PDT, e eu já tinha uma reunião agendada para o dia 10 com a presidência estadual e nacional do PDT”, explicou Tonetti.
A decisão do presidente da Câmara em se lançar pré-candidato, segundo Tonetti, não havia sido discutida com os líderes estadual e nacional do PDT. “Houve um desconforto muito grande que gerou como atitude do PDT estadual de que nós compuséssemos toda a comissão provisória”.
Procurado pela reportagem nesta sexta-feira, 18, Rodrigo Toloi disse que não procurou Tonetti para entregar o PDT a ele. O único contato foi para debater o cenário político de Valinhos. “Essa fala (sobre a entrega do PDT) é mentirosa”, disse Toloi.
No PDT, Alexandre Tonetti irá buscar apoio do ex-partido, PT, e confirmou uma aproximação com o PSOL. Quanto ao pré-candidato a vice pela chapa, ele não confirmou nomes.