Prefeitos iniciam debate do Consórcio com vereadores

Prefeitos iniciam debate do Consórcio com vereadores

Prefeitura de Valinhos

Reunião entre prefeitos ocorreu na Faculdade São Leopoldo Mandic.
Reunião entre prefeitos ocorreu na Faculdade São Leopoldo Mandic.

Valinhos, Vinhedo e Itatiba finalizaram o estudo técnico para viabilizar o Consórcio Intermunicipal da Saúde e entram agora na fase de discussão da proposta com as câmaras das três cidades. Na tarde da última quinta-feira, 21, o projeto foi apresentado aos parlamentares, com a presença dos prefeitos e provedores das três santas casas e dos hospitais particulares, como a saída para driblar a crise na Saúde e oferecer mais qualidade de atendimento para a população. A reunião ocorreu na Faculdade São Leopoldo Mandic, em Campinas, que também integra o projeto.
Os vereadores terão a partir de agora um papel fundamental na discussão. O primeiro projeto que passará pelas câmaras está na fase final de elaboração e será idêntico nas três cidades. Para que o consórcio seja consolidado, é preciso que os vereadores autorizem os municípios. Depois desta etapa, a equipe técnica entra na fase de elaboração da nova gestão da saúde e definição da estratégia para que as redes sejam integradas.
Os municípios passam por uma profunda crise financeira e a Saúde é o setor mais afetado. São 300 mil moradores em Valinhos, Vinhedo e Itatiba. O gasto nas três cidades chega a R$ 300 milhões e, mesmo assim, não é suficiente para atender a demanda nos postos de saúde e hospitais.
A ideia é que o consórcio amplie o poder político das prefeituras para obter verbas no Estado e no governo federal, além de otimizar a rede de atendimento com o fortalecimento da atenção básica e ampliação da oferta de serviços de média e alta complexidade.
Para o prefeito de Valinhos, Orestes Previtale (PMDB), a participação do Legislativo é fundamental nesta etapa. “Os projetos de lei serão iguais e permitem que as prefeituras assinem um termo de convênio. Depois disso o estatuto será criado. Quando três municípios se unem, ficam mais fortes e com mais poder de pleitear recursos e oferecer um atendimento de qualidade”, disse.
A proposta do consórcio entre as três cidades prevê a integração das santas casas de Valinhos, Vinhedo e Itatiba, o Hospital Galileo, a Faculdade São Leopoldo Mandic e a rede primária de atendimento. Os municípios querem unir forças e potencializar aquilo que cada um possui, sem que os três desempenhem o mesmo papel ou apresentem as mesmas soluções. 
O prefeito de Vinhedo, Jaime Cruz (PSDB), disse que as cidades passam por um momento muito difícil, o que exige novas soluções. “Precisamos de boa vontade política”, afirmou.

 

Da Redação