Líder tucano, ex-vereador Adriano Geleia morre aos 50 anos

Líder tucano, ex-vereador Adriano Geleia morre aos 50 anos

O ex-parlamentar (foto) foi um dos fundadores do PSDB em Valinhos e o primeiro a ser eleito pela legenda na cidade para uma vaga na Câmara, em 1992, com 460 votos
O ex-parlamentar (foto) foi um dos fundadores do PSDB em Valinhos e o primeiro a ser eleito pela legenda na cidade para uma vaga na Câmara, em 1992, com 460 votos

Luiz Felipe Leite
Repórter

O ex-vereador e ex-presidente do PSDB de Valinhos, Adriano Mamprin Brunello, mais conhecido como Adriano Geleia, faleceu na madrugada desta quinta-feira, 18. Ele era divorciado, tinha 50 anos de idade e estava internado no Centro Médico de Campinas. O velório e sepultamento estão previstos para acontecer ainda nesta quinta-feira, no Cemitério Parque das Acácias, em Campinas.
Segundo informações apuradas pela reportagem da Folha de Valinhos, Geleia realizou uma cirurgia na manhã de quarta-feira, 17. Ele não resistiu após sofrer complicações no pós-operatório.
O ex-parlamentar, formado em Direito, foi um dos fundadores do PSDB em Valinhos e o primeiro a ser eleito pela legenda na cidade para uma vaga na Câmara, em 1992, com 460 votos. Quatro anos depois ele foi reeleito, com 630 votos. Em 2000 disputou a Prefeitura, em uma coligação do PSDB com o PV e o PSC, e ficou em quarto lugar, com 2.804 votos, atrás de Vitório Humberto Antoniazzi (eleito), Marcos José da Silva e Lairton Martins de Oliveira.