Cartão Acessibilidade Integrado é aprovado em reunião com prefeitos da RMC

Cartão Acessibilidade Integrado é aprovado em reunião com prefeitos da RMC

Assessoria de Imprensa Prefeitura de Campinas

Reunião envolvendo os 20 prefeitos da RMC ocorreu na terça-feira
Reunião envolvendo os 20 prefeitos da RMC ocorreu na terça-feira

A experiência de Campinas servirá de exemplo para que os demais municípios da Região Metropolitana de Campinas (RMC) possam ter um Cartão Acessibilidade Integrado e que identifique pessoas com deficiência, facilitando os usuários na obtenção de serviços. A instituição do cartão foi definida na manhã de terça-feira, 19, na reunião do Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Campinas, realizada em Valinhos, no Hotel Blue Tree.
A apresentação do cartão Bem Acessível foi feita pela secretária de Campinas, Emmanuelle Lopes Garrido Alkmin Leão, secretária municipal dos Direitos das Pessoas com Deficiência e Mobilidade Reduzida de Campinas. Deficiente visual, Emmanuelle disse que a criação do cartão surgiu de uma roda de conversas que ela mantém com mães de pessoas com deficiência. “É importante que todos os municípios tenham o cartão e que não haja burocracia”, frisou.
A criação do cartão envolvendo todos os municípios foi endossada pelo subsecretário estadual de Assuntos Metropolitanos, Edmur Mesquita. Ele pediu à Agência Metropolitana de Campinas (Agemcamp) agilidade na condução dos trabalhos. “Penso em encurtar o caminho e não apresentar a proposta da criança do cartão à Câmara Temática e já apresentar à gerência da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos, dada a importância de um programa como este”, disse o subsecretário.
Em Valinhos, o prefeito Clayton Machado (PSDB) mostrou-se otimista com relação à criação do cartão regional, proporcionando mais mobilidade à pessoa com deficiência. O prefeito está criando, por lei, a Coordenadoria da Pessoa com Deficiência, projeto que tramita na Câmara. Rampas de acessibilidade estão sendo espalhadas pela cidade – o projeto prevê um total de 187 - e, por lei de autoria do vereador Rodrigo Fagnani Popó (PSDB), o município licitou e a cidade conta com táxis acessíveis. Também no atual governo, a frota de ônibus adaptados de Valinhos passou a ser uma das maiores da RMC, com 16 novos veículos.

 

Da Redação