Câmara Municipal entrega cinco título de Cidadão Honorário

Câmara Municipal entrega cinco título de Cidadão Honorário

O Colunista da Folha de Valinhos, Lucas Francisco dos Santos é um dos mais novos Cidadãos Honorários do Município
O Colunista da Folha de Valinhos, Lucas Francisco dos Santos é um dos mais novos Cidadãos Honorários do Município

A Câmara Municipal de Valinhos entregou na última quarta-feira, dia 19, o título de Cidadão Honorário a cinco moradores da cidade. Receberam a honraria Carlos Roberto Leme, Luiz Antonio Silva Jesuino, Reginaldo Jesus Flor, Wagner Ceroni e Lucas Francisco dos Santos.

Os novos cidadãos honorários não nasceram em Valinhos, mas moram há décadas no município e marcaram a cidade durante sua trajetória de vida. Eles foram indicados por vereadores, conforme estabelece o Regimento Interno da Câmara.


Carlos Roberto Leme é proprietário da Barbearia do Mudinho, estabelecida há mais de 50 anos. Hoje conhecido por cortar barbas e cabelos de uma vasta clientela – incluindo ex-prefeitos e empresários – Carlos mudou-se para Valinhos em 1970. A surdez não o impediu de abrir o negócio, constituir família, dedicar-se a trabalhos voluntários e representar a cidade no time de futebol da Associação de Surdos e Mudos de Campinas.

Mais conhecido como Lukas de A a Z, Lucas Francisco dos Santos é empresário e colunista social. Começou sua carreira de comunicador em 1989 e desde então tem contribuído com jornais, revistas e canais de televisão do município. Há anos organiza eventos cuja renda beneficia entidades assistenciais, como a Casa da Criança e a Apae.


Luiz Antonio Silva Jesuino foi indicado pelo suplente de vereador Fabricio Bizarri (PV). Amante de música, é instrutor de fanfarras do Sesi 299 e voluntário nas festas das Paróquias de Santa Cruz e São Sebastião. Em 1984, fundou com amigos a Escola de samba Arco-Íris, onde foi presidente, mestre de bateria e diretor de alas. Em paralelo à carreira como técnico de enfermagem na Eaton, envolveu-se com o voluntariado – colaborava com a Apae e a Igreja Católica, iniciava fanfarras e visitava doentes gratuitamente. 

Reginaldo Jesus Flor apresenta o programa Anunciando a Comunidade na Rádio Valinhos FM e ajuda diversas organizações sociais da cidade a promoverem jantares e eventos beneficentes. Mudou-se para Valinhos em 1990 e participou ativamente do trabalho social e religioso da Igreja Católica. Na Paróquia São Cristóvão, ajudou a idealizar o Sopão, projeto social que complementou a dieta de famílias da cidade por 10 anos, além de ter atuado na sociedade assistencial São Vicente de Paula.


Wagner Domingos Ceroni, é diretor de finanças da Santa Casa e atua voluntariamente na direção do hospital desde 2005. Apaixonado por conhecimento, formou-se em Economia, Sociologia e Pedagogia, além de completar dois MBAs na área de gestão e ensinar por 25 anos em instituições de nível superior, como a PUC Campinas. Mora em Valinhos desde 1985 e fez parte de diversas associações da cidade, como o Country Clube, a maçonaria e o Rotary Club, onde ajudou a criar o banco de sangue.

 

+ Fotos: