Guarda Civil de Valinhos captura pit bull, coruja e pássaros

Guarda Civil de Valinhos captura pit bull, coruja e pássaros

A coruja foi apreendida pela GCM numa empresa no bairro Joapiranga
A coruja foi apreendida pela GCM numa empresa no bairro Joapiranga

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Valinhos, juntamente com o Corpo de Bombeiros e a Coordenadoria do Bem-Estar Animal, capturou um cão da raça pit bull na segunda-feira (20), por volta das 9h, no bairro São Marcos. O cão atacou uma cachorrinha no colo de sua dona. Na tarde do mesmo dia, a Guarda Ambiental capturou uma coruja numa empresa no bairro Joapiranga. A ave foi enviada à Associação Mata Ciliar, em Jundiaí, para futura soltura.

A ocorrência do pit bull foi atendida após a solicitação pelo telefone de emergência 153, depois do ataque do cão à cachorrinha ser contido por moradores. Após captura, o animal ficou sob cautela dos agentes públicos municipais da Coordenadoria. A expectativa é de identificar o proprietário do cão, que será responsabilizado criminalmente, uma vez que abandono e falta dos cuidados necessários na guarda de animais é crime, conforme artigo 164 do Código Penal brasileiro.

Já a coruja não apresentava ferimentos e a Guarda Ambiental e a GCM tomaram cuidado para que a ave não sofresse nenhuma lesão, apesar da dificuldade em sua captura. A coruja tinha uma espécie de algema de couro, característica de aquisição irregular pelo tráfico de animais. Os guardas civis acreditam que a ave estava em cárcere em alguma residência do entorno, conseguiu escapar e se abrigou dentro da empresa. Após avaliação pela associação, a ave provavelmente será encaminhada ao seu habitat natural.

Após denúncia anônima de que no bairro Capivari um homem mantinha em sua residência pássaros irregulares e também um sagui, a Guarda Ambiental de Valinhos se deslocou até o local por volta das 9h do domingo (19).  Foram apreendidas 23 aves silvestres irregulares e sem anilhas na residência do pedreiro de 53 anos. O sagui não foi encontrado. As aves foram apreendidas e direcionadas à Associação Mata Ciliar, em Jundiaí, e o pedreiro foi autuado.

Atos obscenos

Por volta das 15h30 do domingo (19), no bairro Jardim Itapuã, um aposentado de 59 anos foi detido por componentes do policiamento preventivo da GCM de Valinhos, após se masturbar em direção a uma menor de 17 anos que se encontrava dentro de um ônibus. O aposentado resistiu, mas foi contido pelos guardas. O homem foi indiciado por ato obsceno, seguido de resistência, e foi liberado para responder em liberdade.