Ação da Guarda e PM prende 3 por furto e roubo de veículos

Ação da Guarda e PM prende 3 por furto e roubo de veículos

Prefeitura de Valinhos

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Valinhos deteve nesta quarta-feira (17) três homens acusados de integrar uma quadrilha de furto de veículos. Eles estavam em um Meriva preto, no qual os guardas encontraram cinco módulos eletrônicos e diversas chaves de fenda, utilizados para destravar alarmes e fazer a ligação direta dos carros que são furtados. Os suspeitos confessaram à GCM que gastam menos de um minuto para furtar cada veículo.

Por volta das 10h da quarta-feira (17), um policial militar que estava de folga suspeitou da atitude de três homens que estavam na região central de Valinhos. A perceber a presença do policial, o grupo entrou no Meriva e tentou fugir. O PM acionou a Guarda, que seguiu o veículo até o bairro Castelo, onde o Meriva parou após um pneu estourar. 

Dentro do veículo foram localizados os módulos e chaves de fendas, usados para praticar furtos. O material foi apreendido e os suspeitos foram encaminhados para a Delegacia da Polícia Civil, onde a ocorrência foi registrada. Os três acusados moram em Campinas, para onde tentavam fugir. Eles foram indiciados por tentativa de furto e associação criminosa, e transferidos para a cadeia anexa ao 2º Distrito Policial de Campinas.

A GCM informou que dos três detidos, dois possuem passagens criminais por tráfico de drogas, furto de veículos e receptação de veículos furtados e roubados. Não há registro de roubo ou furto do Meriva e a polícia investiga a hipótese de o carro ser clonado.

Segundo a GCM, a Polícia Militar, a Guarda Civil Municipal e a Polícia Civil de Valinhos já vinham realizando uma força-tarefa com operações para deter quadrilhas que praticam ações ilícitas, principalmente furtos de veículos. A Guarda informou que a detenção desta quarta-feira é resultado do conhecimento e estratégia dos policiais e guardas de Valinhos, que estão atentos a atitudes suspeitas, mesmo quando não estão em serviço. 

 

Da redação