Vereadores aprovam projeto que declara de valor histórico-cultural a área da Lagoa da Rigesa

Vereadores aprovam projeto que declara de valor histórico-cultural a área da Lagoa da Rigesa

Vereador Conti

Antes do início da sessão desta terça-feira, dia 23, os vereador Henrique Conti (PTB) e Alécio Cau (PDT), autores do PL 213/2021, que tinha por objetivo declarar de "valor histórico-cultural a área da Lagoa da antiga Rigesa", foram surpreendidos por uma denúncia de que a lagoa estava sendo drenada por bombas. O PL 213/2021 sequer estava na Ordem do Dia da Sessão, pois ainda precisava de parecer das Comissões.

Ao início da sessão o vereador Conti, pediu ao presidente que o mesmo fosse colocado na ordem do dia, por se tratar de uma situação emergencial e para se evitar que a drenagem da lagoa se consumasse. Para ele, era um absurdo o nque estava acontecendo em plena crise hidrica e período de racionamento de água o município permitir que um recusrso hidrico fosse extinto. 

O projeto, após parecer favorável da Comissão de Justiça e Redação, foi colocado na ordem do dia e aprovado por unanimidade. Agora os autores da proposta pedem para que a prefeita Lucimara Godoy Vilas Boas (PSD) promulgue a Lei e a Prefitura tome as devidas providencias para evitar o crime ambiental. 

Para Conti, o projeto aprovado e promulgado na prática deve preservar a área, evitando a sua destruição, aterramento e qualquer tipo de obra que venha modificar sua característica, como o sua drenagem. Segundo os parlamentares, a lagoa está inserida no cenário urbano da cidade há mais de 80 anos e, além de valor histórico, possui importância para os animais, flora e para drenagem das águas da chuva.

“A existência de lagoas dentro dos municípios, sejam elas artificiais ou naturais, além de funcionarem como sistema de contenção de águas pluviais e/ou reservatórios, são fontes de armazenamento de espécies de fauna e flora, indubitavelmente importantes para a preservação do meio ambiente em todos os seus âmbitos”, justificam.

 

 

 

+ Fotos: