Valinhos registra mais 6 mortes e 57 novos casos de Covid-19

Valinhos registra mais 6 mortes e 57 novos casos de Covid-19

A Secretaria da Saúde confirmou na terça-feira, dia 19, mais seis mortes e 57 novos casos de covid-19. A cidade tem agora 5.379 casos positivos e 218 óbitos causados pelo coronavírus. A taxa de ocupação dos leitos de UTI na cidade é de 95% nos dois hospitais (Galileo e Santa Casa). A taxa de ocupação de enfermaria é de 93%. Valinhos registrou 647 casos até o dia 19 de janeiro.

Valinhos ocupa a 3ª posição entre as cidades da Região Metropolitana de Campinas com maior ocupação hospitalar, atrás apenas de Artur Nogueira e Itatiba, que estão com 100% de ocupação dos leitos. Entre as 43 cidades paulistas, Valinhos está na 15ª colocação nesse Ranking que é baseado em dados atualizados até o último dia 14.

O Governo do Estado de São Paulo colocou em estado de alerta Valinhos e outras 42 cidades que estão com ocupação hospitalar de pacientes graves com coronavírus acima de 80%. A recomendação do Governo é que as Prefeituras determinem a restrição total de atividades não essenciais para aliviar a pressão sobre hospitais públicos e particulares.

Dos 218 casos de óbitos pela covid-19 confirmados na cidade, 136 eram moradores de Valinhos e 82 viviam em outros municípios. Os casos suspeitos caíram para 441 no município nesta terça-feira. O número de mortes em investigação caiu para três. Há ainda 6.864 casos descartados. A taxa de recuperação dos pacientes com resultado positivo para covid-19 em Valinhos é de 95,4% nesta terça-feira. Das 5.379 pessoas que foram confirmadas com a doença desde o início da pandemia na cidade, 5.135 se recuperaram.

Confira os registros: 19/01/2021 - Até 16h

- 5.379 casos confirmados, sendo 3.757 positivos munícipes (3.606 recuperados, 15 internados e 136 óbitos) e 1.622 positivos não munícipes (1.529 recuperados, 11 internados e 82 óbitos)

- 218 óbitos confirmados, sendo 136 moradores da cidade e 82 de não munícipes

- 441 suspeitos em investigação

- 3 óbitos em investigação 

- 6.864 casos descartados

- 157 óbitos descartados

- Taxa de ocupação de UTI: 95%