Valinhos põe bandeiras a meio mastro por vítimas do Covid-19

Valinhos põe bandeiras a meio mastro por vítimas do Covid-19

As bandeiras hasteadas em todas as repartições públicas e instituições de ensino devem permanecer a meio mastro, em homenagem à memória dos mortos pela Covid-19
As bandeiras hasteadas em todas as repartições públicas e instituições de ensino devem permanecer a meio mastro, em homenagem à memória dos mortos pela Covid-19

As bandeiras do Estado de São Paulo e de Valinhos, em frente ao Paço Municipal de Valinhos, foram hasteadas a meio mastro na última sexta-feira, dia 8,  em luto às vítimas da Covid 19. São Paulo permanece como epicentro da pandemia no Brasil.

O governador João Doria anunciou na quarta-feira, dia 6,  o luto oficial em todo o Estado. Em São Paulo já são mais de 3.200 óbitos no Estado e 40 mil casos confirmados da doença. O Brasil soma mais de 9.300 mortes provocadas pela Covid-19. Já o município de Valinhos contabiliza 53 casos confirmados e 5 óbitos.

O decreto de luto oficial foi publicado no Diário Oficial do Estado nesta quinta, dia 7, e valerá até que a crise sanitária seja superada. Com o texto em vigor, as bandeiras hasteadas em todas as repartições públicas e instituições de ensino devem permanecer a meio mastro, em homenagem à memória dos mortos pela Covid-19.