Valinhos integra lista de polos de universidade pública a distância

Valinhos integra lista de polos de universidade pública a distância

 Prefeitura acerta últimos detalhes para abertura do polo da Univesp, que é mantida pelo governo estadual e tem como parceiro USP, Unicamp, Unesp e o Centro Paula Souza (CPS)
Prefeitura acerta últimos detalhes para abertura do polo da Univesp, que é mantida pelo governo estadual e tem como parceiro USP, Unicamp, Unesp e o Centro Paula Souza (CPS)

Valinhos é uma das 48 cidades que se cadastraram na Universidade Virtual de São Paulo (Univesp) para abrigar um polo de ensino da instituição, universidade pública exclusivamente voltada para a Educação a Distância (EAD). A lista dos 48 municípios interessados em implantar novos polos de ensino foi divulgada pela Univesp nesta sexta-feira (5). Todos participaram do último chamamento público da universidade. As unidades contarão com estrutura física, tecnológica e de recursos humanos e deverão ofertar vagas no próximo vestibular.

Com conteúdo pedagógico exclusivamente a distância, os polos tornam-se espaços físicos onde os alunos recebem infraestrutura com computadores, impressoras, acesso à internet e realizam atividades como provas e discussões em grupo. Nos locais, os estudantes também podem solicitar serviços de secretaria acadêmica e contar com apoio do orientador, profissional de carreira da prefeitura municipal.

São oferecidos os cursos de Tecnologia em Gestão Pública, Engenharias de Produção e Computação, Licenciaturas em Biologia, Química, Física, Matemática, Pedagogia e Letras. Os cursos da instituição são realizados em ambiente virtual, que garante a interação do estudante com os agentes de apoio pedagógico (facilitador, tutor, supervisor), além de disponibilizar videoaulas, bibliotecas digitais e os conteúdos didáticos.

Criada em 2012, a Univesp é mantida pelo governo do Estado de São Paulo e vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE). Entre seus principais parceiros, destacam-se o Centro Paula Souza (CPS), as universidades USP, Unesp e Unicamp. Atualmente, a Univesp conta com mais de 31 mil alunos matriculados em 330 polos do Estado, localizados em 287 municípios. Com o ingresso das novas cidades, a universidade poderá ter 378 pontos em 335 municípios do Estado, mais de 50 % do território paulista.

Valinhos vai assinar o termo de compromisso com a instituição até 19 de julho e tem até o fim de agosto para implementar a estrutura física da universidade. A aprovação dos novos polos e a assinatura do convênio acontecem em outubro. O vestibular será aplicado em dezembro e as aula têm início em 2020.

O site da Univesp é https://univesp.br.