Valinhos fecha outubro com saldo positivo de 161 postos de trabalho

Valinhos fecha outubro com saldo positivo de 161 postos de trabalho

A proximidade das festas de final de ano é apontada pelos economistas como um fator importante na geração de empregos formais, especialmente na contratação de funcionários temporários para as lojas que se preparam para as vendas de Natal.

Esse movimento provavelmente tenha impactado na criação de postos de trabalho no município que, de acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados - CAGED -  do Ministério da Economia, divulgado na semana passada, Valinhos registrou no mês de outubro a criação de 161 postos de trabalho com carteira assinada.

Este é o quarto mês consecutivo que Valinhos registra saldo positivo de empregos formais.

Em outubro o movimento de empregos no município contabilizou a admissão 1.601 trabalhadores contra 1.440 desligamentos. O setor de serviços foi o principal gerador de empregos no mês, com 809 admissões contra 688 demissões, gerando assim um saldo de 121 novos empregos para o setor.

Em segundo lugar aparece o setor de comércio que no mês admitiu 428 trabalhadores e desligou 359, gerando saldo positivo de 69 novas colocações. A indústria, que no passado foi o principal gerador de empregos formais do município, amargou mais um mês de saldo negativo. Foram 307 admissões contra 324 desligamentos, gerando saldo de -17 postos de trabalho.

A Construção Civil também registrou saldo negativo de -13 postos de trabalho respectivamente. Foram admitidos 36 trabalhadores e 49 foram desligados

NO ANO
No ano Valinhos contabiliza a criação 362 empregos com carteira assinada. Entre janeiro e outubro o município registrou a admissão de 15.023 trabalhadores contra 14.661 demissões. O setor de serviço é o principal gerador de empregos formais, com saldo de 600 postos de trabalho criados nestes dez meses, seguido pelo comércio (166) e a construção civil (82). A indústria de transformação amarga um ano difícil, com o fechamento de 460 postos de trabalho.

De janeiro a outubro deste ano o emprego formal em Valinhos registrou quatro meses de saldos negativos e seis de positivos. Julho e agosto foram os meses de melhor desempenho da economia local, quando efetivamente foram criados 563 postos de trabalhos com carteira assinada.

Saldo de empregos em Valinhos
Janeiro a outubro de 2019
SETOR                                                              ADM.                     DEM.                    SALDO

Extrativa Mineral                                                 01                              02                         - 01
Indústria de Transformação                             2.975                       3.435                        -460
Serv.  Indust de Util. Pública                               85                            85                          00
Construção Civil                                                616                          534                          82  
Comércio                                                          3.437                     3.271                         166 
Serviços                                                           7.745                    7.145                           600  
Administração Pública                                       0                               0                             0
Agropecuária                                                      164                       189                           -25
TOTAL                                                            15.023                   14.661                         362