Valinhos é a 23ª do Brasil no Ranking Nacional de Cidades mais Competitivas

Valinhos é a 23ª do Brasil no Ranking Nacional de Cidades mais Competitivas

Depois der uma eleição marcada por informações desencontradas e candidatos informando e propagando informações sobre o que desconhecem da própria cidade, um novo ranking divulgado nesta quinta-feira, dia 19, mostra que Valinhos não é o caos que alguns deles desenhavam para o eleitorado.

Desenvolvido pelo Centro de Liderança Pública – CLP -  em parceria com a startup Gove e com o Sebrae, o Ranking Nacional de Cidades mais Competitivas do Brasil coloca Valinhos na 23º posição entre as principais cidades brasileiras e, a 18ª mais competitiva da região sudeste entre as 183 cidades pesquisadas. Além disso, Valinhos se destacou em três pilares – Qualidade da Saúde (2º lugar) Qualidade da Educação (4º lugar) e Segurança (3ª posição).

Entre as 95 cidades de São Paulo presentes no ranking, Valinhos é a 16ª e, na Região Metropolitana de Campinas – RMC – Valinhos – fica em 4º lugar, atrás apenas de Indaiatuba, Campinas e Paulínia.
Segundo o CLP, os dados do ranking levam em conta a atuação do poder público. Segundo o instituto, a competitividade no setor público é medida por critérios como justiça, equidade e promoção de desenvolvimento econômico e social.

A receber a notícia sobre o Ranking das Cidades mais Competitivas e do posicionamento de Valinhos, o prefeito Orestes Previtale (DEM) disse que Valinhos possui uma infraestrutura muito sólida, que começou a ser construída há mais de 50 anos e que esse resultado é fruto de trabalho sério e da responsabilidade de quem assume o compromisso de governar uma cidade. “Esse ranking é reflexo do nosso trabalho e de outras gestões e, esse legado precisa ser mantido ou aperfeiçoado nos próximos anos”, disse.

Para ele, o ano de 2020 foi um ano muito difícil, sobretudo por conta da pandemia do novo Coronavirus e, o ranking das Cidades mais Competitivas, produzido através de pesquisas e estudos técnicos, legitima o trabalho dos quatros anos de sua gestão que procurou desde o começo reequilibrar as finanças municipais e colocar Valinhos no rumo certo. “É gratificante, ao final do nosso governo, saber que Valinhos voltou a ser uma cidade competitiva e voltou a atrair investimentos, o que também prova que estamos no caminho certo”, completou.

O Ranking de Competitividade dos Municípios tem como objetivo principal o entendimento mais profundo para nortear a sociedade sobre a atuação dos gestores públicos locais, bem como promover um direcionamento mais assertivo sobre as reais prioridades para os governantes.

A pesquisa foi realizada com dados de 405 municípios com mais de 80 mil habitantes. Essas cidades representam 59,45% da população brasileira (124,94 milhões). Valinhos obteve nota 57,11, ficando à frente de cidades importantes como Rio de Janeiro, Niterói, Ribeirão Preto, Piracicaba e Americana.

O estudo do CLP foi baseado em três pilares: instituições, sociedade e economia e o ranking é composto por 55 indicadores. Eles foram organizados em 12 pilares e 3 dimensões:

1ª dimensão (instituições): sustentabilidade fiscal e funcionamento da máquina pública;

2ª dimensão (sociedade): acesso à saúde, qualidade da saúde, acesso à educação, qualidade da educação, segurança, saneamento e meio ambiente;

3ª dimensão (economia): inserção econômica, inovação e dinamismo econômico, capital humano e telecomunicações.

QUALIDADE DA SAÚDE

A saúde de Valinhos, tão criticada e combatida ao longo da campanha eleitoral é considerada a segunda melhor do Brasil, ficando atrás apenas de Mogi Mirim. Depois aparece Caieiras e duas cidades de Santa Catarina: Tubarão e São Bento do Sul.

De acordo com o CLP, p segundo lugar ocupado por Valinhos se explica pelo excelente desempenho em mortalidade por causas evitáveis (2ª colocação) junto ao bom posicionamento em mortalidade na infância (11ª colocação).
Para o CLP, a qualidade da saúde fornecida é também condição básica para avaliar o nível de bem estar da população e está diretamente associada à missão governamental de atender as necessidades da população na área da saúde.

Segundo o estudo, nos municípios onde a população possui serviços de saúde de maior qualidade observa-se melhor padrão de vida, o que diretamente afeta a produtividade e a competitividade de um município.

QUALIDADE DA EDUCAÇÃO

A educação de Valinhos também foi destaque no ranking das Cidades Mais Competitivas. No pilar qualidade da educação, dentro da dimensão sociedade, Valinhos ficou entre as quatro melhores cidades do Brasil, atrás apenas de São Caetano do Sul, a vizinha Itatiba e Sobral no Ceara.

De acordo com o CLP, a qualidade da educação fornecida configura-se como métrica básica para mensurar a competitividade de um município, uma vez que, além do impacto direto na qualidade de vida da população, representa uma parcela importante na formação dos valores da sociedade e, também, um primeiro passo formação dos futuros profissionais para o mercado de trabalho.

Valinhos, segundo o CLP, apresenta como oportunidade de avanço no pilar a melhoria dos resultados do IDEB nos anos iniciais do ensino fundamental (96ª colocação). Nos outros indicadores do pilar, o município apresenta um bom desempenho relativo, ocupando as posições de número 4, 9 e 16 na nota do ENEM e nos resultados do IDEB relativos aos anos finais do ensino fundamental e ao ensino médio, respectivamente.

SEGURANÇA

Valinhos também se destaca na dimensão Sociedade, que engloba 7 pilares - Acesso à saúde, Qualidade da saúde, Acesso à educação, Qualidade da educação, Segurança e Saneamento e meio ambiente. Nesta dimensão Valinhos ocupa a 8ª posição entre todas as cidades e, no pilar segurança Valinhos ocupa a 3ª posição.

De acordo com o CLP, são os municípios com melhor desempenho em mortalidade de jovens por razões de segurança e estão em posições medianas em mortes violentas intencionais e morbidade nos transportes. De acordo com o estudo, Valinhos têm em mortes por causas indeterminadas e mortalidade nos transportes os indicadores com maior potencial para ganhos relativos.

 

 

+ Fotos: