Valinhos assina convênio para implantar o programa Famílias Fortes

Valinhos assina convênio para implantar o programa Famílias Fortes

Na tarde desta segunda-feira, dia 22, a prefeita Lucimara Godoy, juntamente com a secretária de Assistência Social, Tathiane Boldarini de Camargo, assinou o Acordo de Cooperação Técnica entre a Prefeitura de Valinhos e o Governo Federal, por meio da Secretaria Nacional da Família do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.

O acordo permite a implantação do programa Famílias Fortes na cidade, que irá atender famílias em situação de vulnerabilidade, assistidas na cidade pela secretaria de Assistência Social, que tenham crianças e adolescentes entre 10 a 14 anos.

O diretor da Secretaria Nacional da Família, Marcelo Couto Dias, assinou o acordo junto à prefeita e parabenizou a gestão municipal pela iniciativa.  Esteve presente também o vereador André Amaral, que é coordenador da Frente Parlamentar e teve participação ativa na implantação do programa em Valinhos, além do vice-coordenador da Frente, vereador Alexandre Japa e o vereador Thiago Samasso. Os vereadores Fábio Damasceno e Professor Marcelo Yoshida, que também fazem parte da Frente Parlamentar, justificaram suas ausências.

“Desde o início, esse é um dos nossos compromissos no plano de governo, pois sabemos que o resultado vai ser muito importante para as famílias valinhenses, que é a base da nossa sociedade”, afirmou a prefeita.

O principal objetivo do programa é o fortalecimento dos vínculos familiares e desenvolvimento de habilidades sociais, promovendo o bem-estar dos membros das famílias, agindo na prevenção ao uso do álcool e outras drogas.

O Acordo de Cooperação Técnica prevê, inicialmente, uma capacitação para a formação dos interlocutores da secretaria de Assistência Social da Prefeitura de Valinhos que irão executar o programa na cidade. Esta formação será realizada pelos profissionais do Governo Federal e realizadas nos meses de fevereiro e março do ano que vem. A previsão é que o programa, com as famílias, seja realizado de abril a dezembro de 2022.

“Será disponibilizado, pela Secretaria Nacional da Família, todo o material para a formação dos articuladores e facilitadores atuantes no programa, que tem previsão de início no ano que vem. Estão previstos 20 ciclos com 7 encontros cada, atendendo cerca de 300 famílias valinhenses”, explicou a secretária de Assistência Social, Tathiane Boldarini de Camargo.

Estiveram presentes também a chefe de gabinete, Claudineia Vendemiatti Serafim, o secretário de Educação, Cleber Magdalena, a secretária de Tecnologia, Inovação e Comunicação, Roberta Calif Simas Araújo e a Fernanda Polidoro, do Mandato Diversidades do vereador Professor Marcelo Yoshida. Além dos servidores das secretarias da Saúde, Educação e Assistência Social e as entidades sociais, Patrulheiros, Casa da Criança e do Adolescente, COCRIC e a presidente da FEAV, Eliane Macri.

 

Programa Famílias Fortes

O Programa Famílias Fortes foi aplicado no Brasil em sua versão original nos meses de novembro e dezembro de 2013, em uma fase chamada pré-piloto. Seis territórios do Distrito Federal integraram essa etapa. Ele visa o bem-estar dos membros da família a partir do fortalecimento dos vínculos familiares e do desenvolvimento de habilidades sociais. Tal objetivo se baseia no fato de que uma relação positiva entre os familiares cria condições favoráveis para o bom desenvolvimento dos filhos, e tende a afastá-los de condutas de risco. O conteúdo é baseado na premissa de que as crianças se saem melhor em seu desenvolvimento social quando as famílias são capazes de estabelecer limites e regras de convivência e de expressar afeto e dar apoio adequado às crianças. O Programa Famílias Fortes é uma adaptação à realidade brasileira do Strengthening Families Programme (SFP-UK), elaborado no Reino Unido pela Oxford Brookes University.

Os objetivos específicos do Programa Famílias Fortes são: • Ensinar pais e filhos a desenvolverem maneiras eficazes de comunicação e relacionamento • Mostrar aos pais a importância de apoiar seus filhos • Ajudar os pais a disciplinar e orientar seus filhos de forma eficaz • Orientar os filhos sobre como compreender e valorizar seus pais • Ensinar os filhos a lidar com o estresse e a pressão dos amigos • Promover uma expectativa de futuro aos jovens Os principais resultados do Programa Famílias Fortes são: • Redução da agressividade • Redução de isolamento social • Melhoria na qualidade da relação familiar • Melhoria nas habilidades parentais • Redução em maus-tratos infantis • Melhoria nas habilidades sociais dos jovens • Aumento em auto eficácia para a aprendizagem • Melhoria em engajamento escolar • Melhoria do desempenho acadêmico • Aumento em perspectiva de tempo futuro • Retardo no primeiro uso de drogas • Redução do uso pesado e frequente de drogas; • Redução em comportamento antissocial.

Os 7 encontros acontecem semanalmente. Os pais e os filhos se reúnem separadamente na primeira hora e passam a segunda hora juntos em atividades para a família. No início ou no intervalo entre encontros, lanches são oferecidos para as famílias, durando entre 5 e 10 minutos.

Os encontros dos pais (e alguns encontros de filhos e famílias) acontecem com o suporte de cenas gravadas em vídeos, que apresentam situações do cotidiano familiar. E em todos os encontros são realizados debates, jogos e dinâmicas. Os temas dos encontros são:

Encontro 1 • Responsáveis – Amor e limites • Jovens – Ter metas e sonhos • Famílias – Apoiar as metas e os sonhos;

Encontro 2 • Responsáveis - As regras da nossa casa • Jovens - Admirar as mães, pais e responsáveis • Famílias - Admirar os membros da família;

Encontro 3 • Responsáveis - Incentivar boas atitudes • Jovens - Lidar com o estresse • Famílias - Momentos de Família;

Encontro 4 • Responsáveis – Usar consequências • Jovens – Seguir regras • Famílias – Compreender os valores familiares;

Encontro 5 • Responsáveis – Construir pontes • Jovens – Lidar com a pressão de amigos • Famílias – Fortalecer a comunicação familiar;

Encontro 6 • Responsáveis – Proteger contra o abuso de substâncias • Jovens – Pressão dos amigos e bons amigos • Famílias – Famílias e pressão dos amigos;

Encontro 7 • Responsáveis – Ajudar e ser ajudado • Jovens – Atingir nossas metas • Famílias – Juntando tudo.