Valinhos apresenta ações à Associação de Engenheiros e Arquitetos

Valinhos apresenta ações à Associação de Engenheiros e Arquitetos

Nesta sexta-feira, dia 17, o secretário de Planejamento e Meio Ambiente, Eduardo Galasso, esteve na Associação de Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos de Valinhos (AEAAV), para apresentar os projetos da Prefeitura na área de Planejamento e Meio Ambiente.

Um dos importantes temas discutidos foi o processo de revisão do Plano Diretor, que a proposta está em fase de conclusão, para que possa ser levado para debate. Na oportunidade, além de informar sobre o andamento desse trabalho, Galasso reiterou que a proposta apresentada pela Associação é um item em análise nesta remodelação da revisão do Plano.

Durante a reunião, o secretário também abordou a proposta de realização de um estudo, em parceria com a AEAAV, para analisar a necessidade de programas de regularização de imóveis e loteamentos em locais da cidade. A revisão do Plano Diretor, inclusive, auxiliará na busca por esses locais, uma vez que irá determinar os bairros que poderão ser industriais, residenciais, rurais etc.

Outro ponto discutido foi a simplificação do processo de aprovação de projetos e plantas de residências unifamiliares, projeto que tem sido realizado pela Secretaria de Planejamento e Meio Ambiente, a pedido da Prefeita. Com a aceleração desse processo, o tempo de espera para o recebimento da autorização da Prefeitura será reduzido, ou seja, a construção da residência poderá ser iniciada mais rapidamente, sem burocratização mas respeitando a legislação.

O secretário abordou, ainda, a campanha, que será iniciada pela Prefeitura, com o objetivo de incentivar os moradores a informar obras que não tenham placa de identificação contendo o nome do profissional responsável, além do número e data da licença concedida pela Prefeitura para realização da obra.

Com o início da campanha, que visa, sobretudo, informar as pessoas sobre a importância destas informações e, consequentemente, da identificação de obras irregulares, a Secretaria de Planejamento e Meio Ambiente visitará os locais denunciados para notificar os responsáveis e solicitar a colocação da placa. Caso o prazo estipulado não seja cumprido pelo proprietário, será aplicada multa.