Rota das Bandeiras inicia a duplicação da Rodovia dos Agricultores

Rota das Bandeiras inicia a duplicação da Rodovia dos Agricultores

Trecho da Rodovia dos Agricultores no trevo que faz a ligação com o Parque Portugal
Trecho da Rodovia dos Agricultores no trevo que faz a ligação com o Parque Portugal

A Concessionária Rota das Bandeiras, empresa responsável pela administração do Corredor Dom Pedro, acaba de anunciar o início das obras de duplicação da Rodovia dos Agricultores (SPA 122/065), que faz a ligação entre a região do Capuava e o trevo da da rodovia D. Pedro I (SP-065). 

O prefeito Orestes Previtale (PSB), que vinha tratando com o assunto desde o início de seu governo comemorou o anúncio. "Esta é uma importante obra viária que Valinhos conquista que trará muitos benefícios aos moradores do Parque Portugal, Nova Espirito santo e para centenas de motoristas que diartiamente utilizam a Rodovia dos Agricultores para acessar a Dom Pedro com destino a Campinas, o sul de Minas e o litoral norte", disse. Segundo ele, 

No total, serão duplicados 4,25 km de rodovia, o que ampliará de forma significativa a segurança dos cerca de 15 mil motoristas que circulam diariamente pela via. As obras contarão com um investimento de R$ 35,8 milhões, totalmente custeado pela Concessionária.

Além da duplicação, o trevo que faz a ligação da Rodovia dos Agricultores com a D. Pedro I será remodelado. O pacote de benfeitorias inclui ainda um retorno em nível no km 1, no acesso ao Parque Portugal, e a implantação de uma ponte no km 0+350, necessária para a transposição da pista duplicada.

Durante os trabalhos, a Rota das Bandeiras também realizará a restauração do pavimento atual da rodovia. Portanto, quando a duplicação for entregue, toda a via contará com asfalto novo para o conforto dos usuários.

Segundo previsto no Contrato de Concessão do Corredor Dom Pedro, as obras devem ser concluídas em março de 2022, mas a Concessionária não medirá esforços para acelerar o término dos trabalhos. “Nós sabemos da importância que esta intervenção tem para a população, por isso o nosso desejo de entregá-la o quanto antes”, ressalta o gerente de obras da Rota das Bandeiras, Rafael Pini.

Durante os trabalhos, a Rota das Bandeiras estima a criação de 280 vagas de emprego entre diretos e indiretos, o que vai ajudar a impulsionar a economia da região.

Neste primeiro momento, não haverá intervenção no trânsito. “Em determinadas etapas, será necessária a interdição de trechos ou mesmo a realização de Operação Pare e Siga. Mas os motoristas sempre serão avisados de forma antecipada e ninguém será pego de surpresa”, garante Pini. Todas as modificações no tráfego serão comunicadas à Diretoria de Trânsito e Operações de Valinhos, além de obterem autorização da Agência de Transportes do Estado de São Paulo (Artesp).

Os motoristas que desejarem mais informações podem entrar em contato com a Rota das Bandeiras por meio do telefone 0800-770-8070. A ligação é gratuita e o Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU) funciona 24 horas.

 

+ Fotos: