Prefeitura realiza limpeza de locais com descarte irregular de materiais

Prefeitura realiza limpeza de locais com descarte irregular de materiais

A Prefeitura de Valinhos, por meio da Secretaria de Obras e Serviços Públicos, realizou nos dias 15 e 18 de janeiro a limpeza de pontos onde foram descartados materiais de forma irregular na Rua Vitório Gobato e no Parque dos Cocais, ao lado da escola.

A prefeita Capitã Lucimara destacou a relevância dessa ação para a cidade. “A limpeza dessas áreas é extremamente importante para manter a qualidade de vida dos moradores. As pessoas precisam ter muito cuidado ao realizar o descarte desses materiais, manter a cidade limpa é dever de todos. Valinhos conta com o Ecoponto, local adequado para isso, e futuramente, pretendemos ampliar o número desses espaços para atender a cidade toda”, explicou.

Foram retirados dos locais materiais inservíveis como móveis, entulhos, madeiras e lixo orgânico e seletivo.

Segundo o secretário de Obras e Serviços Públicos, Gustavo Yansen, os atendimentos são realizados por meio de denúncias que chegam através do 156.

“A questão do descarte irregular tem sido atendida mediante as reclamações dos munícipes. Infelizmente, a reclamação ocorre após o descarte, mas não temos nunca o apontamento do infrator, pois as pessoas têm medo de indicar uma placa de veículo, por exemplo”, comentou.

Nos locais em que forem realizadas as limpezas, serão instaladas placas com aviso de que é proibido jogar lixo. Os moradores que flagrarem o ato podem acionar a Guarda Civil Municipal e fazer a denúncia.Descartar lixo ou qualquer material em áreas públicas ou privadas é proibido, passível de multa e prisão. A Prefeitura conta com os moradores para que façam a destinação correta de seus entulhos, levando-os até o Ecoponto Municipal, localizado na Rua João Bissoto Filho, nº 2.245, ao lado do Recanto dos Velhinhos.

A destinação irregular desse material em praças públicas e áreas verdes potencializa a formação de criadouros de mosquitos de arboviroses como a dengue e coloca em risco a saúde pública.