Prefeitura estende isenções de IPTU para idosos e áreas verdes

Prefeitura estende isenções de IPTU para idosos e áreas verdes

Benefícios concedidos este ano serão mantidos em 2021; novos pedidos precisam ser feitos presencialmente na Prefeitura até 31 de agosto
Benefícios concedidos este ano serão mantidos em 2021; novos pedidos precisam ser feitos presencialmente na Prefeitura até 31 de agosto

As isenções de Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) para idosos e de áreas verdes concedidas em 2020 serão mantidas para o próximo ano, 2021, sem que seja necessário que os moradores renovem o pedido. A medida, em caráter excepcional, foi adotada em função da pandemia de coronavírus. No caso de novos pedidos, eles devem ser feitos presencialmente na Prefeitura até o dia 31 de agosto.

Os pedidos de isenção de IPTU para idosos e áreas verdes precisam ser renovados todos os anos pelos proprietários dos imóveis. Porém, o benefício concedido este ano será estendido para 2021 para evitar que esses moradores, parte deles de grupo de risco, tenham de se deslocar até a Prefeitura. A medida é válida para moradores que não têm dívidas com o município.

A secretária da Fazenda, Maria Luisa Denadai, alegou que a medida adotada excepcionalmente este ano, devido à pandemia da covid-19, que exige isolamento social, protege grupos de risco, já que idosos com direito a isenção de IPTU fazem parte deste grupo.

“É uma medida excepcional, adotada nesta pandemia, para proteger os moradores, evitando que tenham de sair de casa e que se exponham a aglomerações”, explicou a secretária.

Segundo Maria Luisa, este ano foram concedidas isenções de IPTU a 2.363 idosos e a 800 proprietários de imóveis com áreas verdes. A secretária esclareceu, entretanto, que novos pedidos precisam ser feitos presencialmente no atendimento ao público do Departamento de Receitas da Prefeitura até 31 de agosto.