Pedreira quer conhecer programas FAC e Procon em Casa

Pedreira quer conhecer programas FAC e Procon em Casa

Prefeitura de Valinhos

Órgão de defesa do consumidor de Valinhos estuda implanta mesa redonda O
Órgão de defesa do consumidor de Valinhos estuda implanta mesa redonda O

 Procon de Valinhos receberá uma equipe da cidade de Pedreira para visita técnica para acompanhar o trabalho desenvolvido pelo órgão de defesa do consumidor no Município. Ainda sem data definida, o encontro vai permitir à equipe de Pedreira  conhecer o funcionamento dos programas Fornecedor Amigo do Consumidor (FAC) e Procon em Casa, ambos considerados pioneiros no País, criados em Valinhos.

“Pedreira se mostrou interessada nos programas durante o encontro anual dos Procons, ocorrido no início deste mês em Jundiaí, e fez contato conosco para agendar uma visita”, explicou a diretora do Procon Valinhos, Vilma Albuquerque, lembrando que o contato telefônico foi feito na quarta-feira (19). A expectativa é de que Pedreira envie dois técnicos para adquirir a expertise valinhense.

Funcionando desde o dia 27 do mês passado, o Programa FAC consiste em reunir fornecedor e cliente para agilizar e viabilizar solução para as queixas prestadas. No momento, a Claro/Net, a CPFL Energia (Companhia Paulista de Força e Luz), os bancos da cidade, o Instituto Embelleze e a escola Microcamp já aderiram à iniciativa.

Já o Programa Procon em Casa está atende desde a inauguração da nova sede do órgão, no dia 17 de maio. O programa leva o Procon até pessoas com dificuldade de locomoção, em casa, bastando agendar pelo site da Prefeitura (www.valinhos.sp.gov.br, no link da Secretaria de Segurança Pública e Cidadania, ao qual está vinculado). Um dos técnicos atenderá à solicitação sempre às sextas-feiras.

Novo programa

Já está em estudo a implantação de um novo programa pelo órgão na cidade, o Mesa Redonda Fornecedor/Consumidor. “Será um espaço informal de conversas, desenvolvido numa sala com até 15 pessoas e um especialista”, explicou a diretora do Procon Valinhos, lembrando que o principal tema será empréstimo consignado e cartão de crédito. Conforme ela, o tema traz bastante divergência. A expectativa é sua implantação em até dois meses.