Obras da Invernada entram na fase de finalização

Obras da Invernada entram na fase de finalização

As equipes responsáveis pela obra de canalização do Córrego Invernada estão finalizando os trabalhos no túnel sob a avenida. O trecho já está na parte de acabamento, previsto para conclusão em abril, e faz parte da maratona de ações que visam melhorias para o Município. O próximo passo é a execução de obras complementares pela Unilever, cujo cronograma está previsto também para abril.

As obras atuais do túnel são executadas pela Prefeitura de Valinhos e o Departamento de Águas e Esgotos de Valinhos (Daev). São 67 metros de extensão e 3,6 metros de diâmetro responsáveis em ampliar a vazão ao Córrego Invernada, interligando o Córrego ao canal da empresa Unilever.

O Túnel Linner fará a proteção do sistema de coleta e o afastamento sanitário, garantindo que a água da chuva não se misture ao esgoto, que é encaminhado para a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE).

Primeira fase

A primeira fase da canalização do Córrego da Invernada foi iniciada em setembro de 2016. A Prefeitura de Valinhos e a Concessionária Rota das Bandeiras, empresa responsável pela administração do Corredor Dom Pedro, fizeram o trabalho em um trecho com 150 metros de extensão, a partir da alça de acesso da Invernada, no trecho entre o Clube Atlético Valinhense e a alça de acesso para a avenida Onze de Agosto. Na primeira etapa foram construídos 151 metros de canal, totalizando 312 metros, 39% do total de 800 metros de extensão.

Segunda fase

Iniciada em 25 de junho de 2018, a segunda fase da obra prevê a execução de três travessias, uma no afluente do Córrego Invernada localizado na rua Dom Carlos Carmelo de Vasconcelos Mota e outras duas nos cruzamentos da Invernada com as ruas Paulo Setúbal e Fioravante Menegaldo, além da canalização de 45 metros no trecho entre as ruas Paulo Setúbal e Fioravante Menegaldo e do rebaixamento do córrego em um trecho com 200 metros de extensão, a partir da rua Campos Salles, para permitir a vazão da água.

O investimento da concessionária nessa etapa foi de R$ 3,5 milhões. Segundo a Rota das Bandeiras, foram implantados 116 metros de galeria nas travessas e 45 metros de canal aberto entre a Rua Paulo Setúbal e a Rua Campos Salles. Após a conclusão desta segunda etapa das obras, a Prefeitura, o Daev e a Rota das Bandeiras ainda executarão uma terceira intervenção ao longo do Córrego.

Canalização do Córrego Invernada

A execução das obras de canalização do Córrego Invernada foi assumida pela Rota das Bandeiras com a concessão do Corredor Dom Pedro, em abril de 2009, após Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado entre a Dersa e o Ministério Público como compensação pelo passivo ambiental gerado pela construção do primeiro trecho do anel viário Magalhães Teixeira (SP-083), entre as rodovias Dom Pedro I (SP-065) e Anhanguera (SP-330), em 2001. Somente este ano, através de uma firme gestão da Administração municipal junto à concessionária, as obras avançaram.