Obra na Rodovia dos Agricultores tem quatro frentes de trabalho

Obra na Rodovia dos Agricultores tem quatro frentes de trabalho

Máquinas trabalham na duplicação da rodovia nas proximidades da entrada do Parque Portugal
Máquinas trabalham na duplicação da rodovia nas proximidades da entrada do Parque Portugal

A Rodovia dos Agricultores (SPA 122/065) tem recebido movimento intenso de trabalhadores e máquinas nas obras de duplicação. Na última semana, a Concessionária Rota das Bandeiras, que opera o Corredor Dom Pedro e é responsável pelas obras, abriu uma nova frente de trabalho, nas proximidades da rotatória da Capuava, que marca o início da duplicação dos 4,25 quilômetros, no sentido Rodovia Dom Pedro I.

Nesse trecho também está sendo construído um acesso direto ao bairro Parque dos Cocais. Além dessa frente de trabalho, ao longo da Rodovia são mais três, uma nas proximidades do Condomínio EcoVille (sentido bairro-centro), nas proximidades do trevo de entrada do Parque Portugal (sentido rodovia Dom Pedro I e sentido bairro-centro) e no trecho próximo ao trevo com a Rodovia Dom Pedro I, nos dois sentidos.

Os motoristas que utilizam a Dom Pedro para chegar à Valinhos precisam ficar atentos porque a alça de acesso para a Rodovia dos Agricultores, sentido Campinas- Valinhos, continua interditada. A melhor opção de acesso para a cidade é o Anel Viário Magalhães Teixeira.

Duplicação
Serão duplicados 4,25 km de rodovia, o que ampliará de forma significativa a segurança dos cerca de 15 mil motoristas que circulam diariamente pela via, que liga a Dom Pedro I à região do Capuava, em Valinhos. As obras contarão com investimento de R$ 35,8 milhões, custeado pela concessionária.

Além da duplicação, o trevo que faz a ligação da Rodovia dos Agricultores com a Dom Pedro I será remodelado. O pacote de benfeitorias inclui retorno em nível no km 1, no acesso ao Parque Portugal.