Nova adutora vai trazer mais 90 litros por segundo para Valinhos

Nova adutora vai trazer mais 90 litros por segundo para Valinhos

Ponto de captação de Valinhos no Rio Atibaia
Ponto de captação de Valinhos no Rio Atibaia

Licitação para a construção de rede adutora de água bruta DN 400 mm em tubo de ferro fundido está em andamento

O Departamento de Águas e Esgotos de Valinhos (DAEV) caminha à viabilização da segunda linha de adução de água bruta do Rio Atibaia. A iniciativa vai possibilitar captar mais 90 litros por segundo à cidade. Por meio desta obra, a Autarquia Municipal chegará à capacidade de tratamento de 340 litros por segundo na Estação de Tratamento de Água (ETA) II, no Vila Sônia.

“É uma obra importantíssima à cidade, para a qual conseguimos viabilizar a verba necessária por meio o crédito adicional suplementar que enviamos à aprovação da Câmara. Entendemos a urgência e a necessidade de uso do montante à viabilização das iniciativas essenciais ao município, que incluiu a execução da segunda linha da adutora do Rio Atibaia”, falou a prefeita de Valinhos, Capitã Lucimara.

O crédito adicional citado pela Chefe do Poder Executivo – e aprovado pelo legislativo – resultou na Lei Ordinária nº 6.226, de 18 de fevereiro de 2022, que permitiu à Prefeitura fazer o crédito adicional suplementar na importância de R$ 10.675.000,00 ao DAEV. “Sem essa suplementação, a Autarquia Municipal não teria a quantidade de investimentos necessários para o pagamento de mão de obra de duplicação da linha de recalque e de gravidade”, explicou Gasi.

A construção de rede adutora de água bruta será em DN 400mm, em tubo de ferro fundido. A obra será executada em trecho total de 3.836 metros, sendo 2,2 mil metros por gravidade e em 1.636 metros por recalque. No momento, a Autarquia Municipal faz a contratação dos serviços de mão de obra especializada e o certame está na etapa final de licitação, por meio da Tomada de Preços nº 2/2022.