Guarda Civil Municipal de Valinhos conclui 1ª turma de defesa pessoal para mulheres

Guarda Civil Municipal de Valinhos conclui 1ª turma de defesa pessoal para mulheres

Nesta quarta-feira, dia 3, a Guarda Civil Municipal de Valinhos concluirá a primeira turma de técnicas de defesa pessoal para mulheres, atividade esta criada pela gestão da prefeita Capitã Lucimara Godoy visando oferecer, ao público feminino, capacitação para enfrentar e escapar de possíveis agressões físicas, tanto no ambiente doméstico quanto na rua, bem como consolidar atitudes positivas e culturais para enfrentar demais tipos de violência como psicológica, sexual, moral e patrimonial. O encerramento terá a realização da última aula e entrega de certificados de participação para 15 participantes.

"Conseguimos concluir, com sucesso, essa primeira turma, oferecendo noções de evasão de agressões, saídas de agarramentos e esganaduras e movimentos circulares com os braços. São ações importantes que visam encorajar as mulheres a tomar atitudes em situações de iminente agressão, mas com isso queremos também enraizar respeito na sociedade e coragem em todas as mulheres, para enfrentarem situações de opressão durante o dia a dia", destacou a prefeita Capitã Lucimara Godoy.

Rosa Maria Trivellato Silveira, de 72 anos, afirmou que está adorando as aulas, que além de relaxar está agregando bastante conhecimento. "Infelizmente hoje pessoas de todas as idades estão sofrendo agressão, por isso acho muito importante que as mulheres se interessem por conhecer um pouco de defesa pessoal", ressaltou. As irmãs Daise e Danila Uliani decidiram participar juntas das aulas gratuitas. Daise destacou que atualmente estão surgindo muitas notícias de violência contra mulheres e no ato elas não sabem como se defender, e as aulas são interessantes para aprender noções básicas para sair dessas situações. "Que a gente consiga através dessa iniciativa motivar mais mulheres a procurar a Guarda para saber se defender, porque é muito importante", complementou Danila.

O secretário de Segurança Pública e Cidadania, Osmir Cruz, destacou que observou uma evolução no bem estar e autoestima das participantes desta primeira turma ao longo das aulas. "Sobre isso que estamos tratando, oferecer encorajamento para as mulheres enfrentar situações que ainda infelizmente acontecem dentro do lar, no trabalho e nas ruas, ao mesmo tempo em que fortalecemos a cultura de respeito entre as pessoas", destacou Cruz.

O Comandante da Guarda Civil Municipal, Aparecido Ignácio, ressaltou que essa ação inédita não visa promover a violência entre homens e mulheres, mas proporcionar condições mínimas para as mulheres se defenderem em caso de agressão. "Uma resposta ao ataque pode afastar o perigo e a possibilidade de lesões, permitindo um afastamento do agressor e acionamento da GCM ou da Polícia Militar. Pode ser dentro de casa ou na rua, a mulher é encorajada a agir em sua defesa", analisa.

PRÓXIMA TURMA

A subinspetora GCM Rose, coordenadora do Projeto Guardiã Maria da Penha, informou que uma nova turma será formada e o convite para participar será publicado em breve. "Foi um grande sucesso e agora vamos estudar como proceder com o segundo grupo, se haverá alguma modificação. Mas a certeza é que estamos no caminho certo para promover o empoderamento da mulher valinhense", comemorou a subinspetora.