Descaso: cidadãos despejam lixo e entulho pelas ruas de Valinhos

Descaso: cidadãos despejam lixo e entulho pelas ruas de Valinhos

Sofá velhos desovado em área pública na Rua das Azaléias no bairro Fonte Nova
Sofá velhos desovado em área pública na Rua das Azaléias no bairro Fonte Nova

Apesar dos serviços de coleta de entulho realizados periodicamente pela Prefeitura de Valinhos através da Operação Cata-Bagulho e da disponibilização do Ecoponto Municipal para o descarte correto de inservíveis, basta andar pelas ruas da cidade para se deparar com cenas de total descaso por parte de moradores de diferentes bairros, que despejam lixo, móveis e entulho nas ruas sem nenhum constrangimento.

Desova de colchão velho na Rua João Bissoto Filho, a menos de 1 km do Ecopónto Municipal 

Prova da total falta de respeito por parte de alguns cidadãos foi retratada esta semana. Na foto, um colchão e restos de entulho foram despejados na Rua João Bissoto Filho, a menos de um quilômetro do Ecoponto Municipal, lugar para a correta destinação deste tipo de material.

“Se a pessoa teve como vir até aqui jogar esse lixo, porque não foi até o Ecoponto? É uma falta de respeito com a cidade e com todos nós. As pessoas não respeitam os espaços de convivência coletiva, como as praças, estradas vicinais e margens de rios. Esse tipo de coisa atrai animais e mosquitos que podem passar doenças”, afirma Josefa Almeida, moradora do bairro.

Desova de colchões e móveis velhos nas margens da Rua Rosa Belmiro Ramos 

A mesma cena foi fotografada pela equipe de reportagem da Folha de Valinhos na Rua Rosa Belmiro Ramos, também na região do Ortizes, e na Rua das Azaléias, no Parque Cecap

“Falta consciência. Esse monte de lixo e entulho deixa a cidade feia e pode prejudicar a saúde de quem mora próximo ou passa pelo local. Sem falar nas enchentes que esse tipo de atitude acaba causando. É fácil falar que o Poder Público não faz as coisas né? Difícil é colocar a mão na consciência”, reforça o aposentado seu João Everaldo da Silva, morador do Ortizes.

De acordo com informações da Prefeitura, descartar lixo ou qualquer material em áreas públicas ou privadas é proibido e, em caso de flagrante, denúncias podem ser feitas através do 156.

A destinação irregular desse material em praças públicas e áreas verdes potencializa a formação de criadouros de mosquitos de arboviroses como a dengue e coloca em risco a saúde pública.

O Ecoponto Municipal está localizado na Rua João Bissoto Filho, n° 2.245, ao lado do Recanto dos Velhinhos, e funciona de segunda a sábado, das 7h40 às 16h. No local podem ser descartados pequenas quantidades de entulhos em geral, recicláveis, galhos, resíduos de poda e capina, móveis e eletrodomésticos sem uso.

Desova de colchção em praça da Rua das Azaléias ao lado da E.E. Adoniran Barbosa  

+ Fotos: