Comunidade Evangélica Cristo Vive comemora 35 anos

Comunidade Evangélica Cristo Vive comemora 35 anos

Culto de Ação de Graças marcou a abertura das comemorações dos 35 anos

A Comunidade Evangélica Cristo Vive comemora neste mês de julho 35 anos de sua fundação. Para celebrar seus 35 anos de fundação foi celebrado último sábado, dia 2, um Culto de Ação de Graças, na sede da Igreja, na Avenida Dr. 457, no Jardim Pinheiros. A Igreja também preparou uma grande programação ao longo do mês de julho. 

De acordo com pastor Rui Mendes Faria, fundador da Igreja, a celebração dos 35 anos da Cristo Vive é motivo de muito orgulho para ele e sua família, sobretudo pela Igreja ter nascido em Valinhos, cidade que o acolheu na década de 1970, quando deixou o Rio de Janeiro. “Deus é a base fundamental deste Ministério que nasceu na sala da minha casa, lá no Bom Retiro de desde então, com trabalho, Fé, dedicação e apoio incondicional da minha diretoria e dos membros da Igreja, chegamos aos 35 anos”, disse.

Além do Culto de Ação de Graças a direção a Cristo Vive programou uma série de eventos ao longo do mês de julho, que no dia 9, das 18 às 23 horas, terá a tradicional Festa de Rua, promovida na frente da Igreja, com muitas barracas, incluindo o saboroso lanche do pastor. Entre os dias 14, 15 e 16 acontece o Adora Cristo, o principal evento de adoração da Igreja que este ano terá a participação dos pastores Gidel Linnes e David Quinlan. Os Ingressos para os três dias de evento já estão esgotados.

UMA HISTÓRIA DE FÉ

Ao longo de seus 35 anos de existência, a Comunidade Evangélica Cristo Vive plantou muitas igrejas, estendendo suas tendas para outras cidades e regiões do país, e até mesmo para o exterior. Segundo pastor Rui, considerando a macro região da igreja Sede, atualmente a Comunidade Evangélica Cristo Vive tem duas igrejas em Valinhos, duas em Vinhedo, uma em Louveira e uma na cidade de Atibaia. Na região de Matão, São Paulo, existem igrejas nas cidades de Dobrada e Taquaritinga. Na região de Estrela,  no Rio Grande do Sul, existem igrejas nas cidades de Sapiranga, Teutônia, Triunfo, Venâncio Aires e Uruguaiana. Na Argentina, a Cristo Vive mantem uma Igreja na cidade de La Banda - Santiago del Estero.

Segundo pastor Rui, a escolha do nome da Igreja, deu-se porque o termo Comunidade aproxima o povo; acolhe a todos e não exclui a ninguém. Ao optar por começar um novo ministério ele afirmou que se preocupou em não tirar nenhum membro da igreja que o havia acolhido e dado a oportunidade de servir. “O primeiro templo foi na sala da minha humilde residência, no bairro Bom Retiro. Foi por vontade de Deus, graça de Jesus e direção do Espírito Santo, que nasceu a Comunidade Evangélica Cristo Vive”, disse.

Durante três meses, o pastor Rui pregou para três pessoas: sua esposa e seus dois filhos. Por conta disso, passou um bom tempo acreditando que a decisão que havia tomado fora algo do seu coração. Foi quando numa noite de céu estrelado, enquanto orava no jardim de sua casa, Deus ordenou que ele olhasse para o céu e lhe disse: “Assim como as estrelas que há no céu, será a sua igreja.”

A Igreja crescia como Deus havia prometido e novamente veio a necessidade de mudar. Desta vez o salão escolhido localizava-se na Rua Maria Quitéria, próximo ao grupamento do Corpo de Bombeiros.

Pela graça e misericórdia divinas, a igreja não parava de crescer. O templo, que nessa época funcionava na Rua Maria Quitéria, ficou pequeno para os mais de 200 membros. Foi então, que no início dos anos 90, o pastor Rui teve que tomar outra importante decisão em sua vida. Atendendo ao pedido da liderança da igreja, optou por deixar o bom emprego na antiga empresa Rigesa para pastorear o crescente rebanho da Cristo Vive em tempo integral.

Foi no ano de 1996 que o grande sonho do pastor Rui se tornou realidade, quando ele e toda a membresia da Cristo Vive puderam adentrar ao novo templo, construído em um dos pontos mais privilegiado da cidade, na Avenida Altino Gouvêa, 457 - no Jardim Pinheiros.

MOÇÃO DE LOUVOR

Na sessão da última terça-feira, dia 28, a Câmara Municipal aprovou uma Moção de Louvor e Congratulações à Comunidade Evangélica Cristo Vive pelos seus 35 anos. De autoria do vereador e presidente da Câmara, Franklin Duarte de Lima, a Moção foi aprovada por unanimidade e também foi assinada pelos vereadores Monica Morandi (MDB), Tunico (DEM), Gabriel Bueno (MDB), Fabio Damasceno (Republicanos) e Veiga (DEM).

Na Moção Franklin destaca um pouco da história e da trajetória de fundação da Igreja percorrida pelo seu fundador, pastor Rui, desde o ano de 1971 quando chegou a Valinhos. “A fundação da Comunidade Evangélica Cristo Vive é fruto da e da persistência e da experiência do pastor Rui Mendes Faria, seu fundador, com Deus. Em 1977, um problema de saúde o fez aproximar-se de Deus, quando passou congregar na Igreja Pentecostal Evangélica, que se tornaria um divisor de águas em sua vida. Foi nessa Igreja, onde permaneceu por dez anos como líder, que ele descobriu sua verdadeira vocação, a de pastor. Com essa VISÃO e PROPÓSITO definidos, em julho de 1987 nasce a Comunidade Evangélica Cristo Vive”.
 

+ Fotos: