Seis novas viaturas de Resgate estão em operação no Sistema Anhanguera-Bandeirantes

Seis novas viaturas de Resgate estão em operação no Sistema Anhanguera-Bandeirantes

Novas viaturas fazem parte do processo de renovação de frota iniciado em 2018. Veículos possuem inovações tecnológicas que facilitam o atendimento das ocorrências em ambiente rodoviário
Novas viaturas fazem parte do processo de renovação de frota iniciado em 2018. Veículos possuem inovações tecnológicas que facilitam o atendimento das ocorrências em ambiente rodoviário

Seis novas viaturas de suporte básico de vida estão em operação no Sistema Anhanguera-Bandeirantes desde o início deste mês, o que representa a renovação de mais de metade da frota do Atendimento Pré-Hospitalar (APH) – Resgate - da CCR AutoBAn, empresa que integra o Programa de Concessões Rodoviárias do Estado de São Paulo.

Segundo Mário Jorge de Castro Kodama, coordenador médico da CCR AutoBAn, as novas viaturas apresentam diversas inovações em relação aos veículos tradicionalmente utilizados por equipes que atuam em situações de emergência e urgência, principalmente quanto à otimização de espaço e integração com unidades de suporte avançado. “Repensamos todo o layout interno do veículo, de modo a melhor aproveitar o espaço, ampliando o corredor existente e permitindo, entre outros, a instalação de equipamentos de unidades de suporte avançado de vida”, destaca Kodama. “Estas adaptações, resultado de um amplo estudo que fizemos em conjunto com a empresa implementadora, tornaram a nossa rotina mais prática e funcional, o que vai resultar em um atendimento ainda melhor para os usuários do Sistema Anhanguera-Bandeirantes”, considera.

Na prática, explica Kodama, os ajustes permitiram, por exemplo, a instalação de banco do socorrista com movimento de rotação em até 360 graus, com mecanismo de avanço e recuo (como nos bancos de veículos de passeio), além de espaços dedicados para a colocação  de equipamentos utilizados em viaturas de suporte avançado de vida, como monitor multiparâmetro, respiradores e mochila de via aérea. “Dependendo da urgência do atendimento, os equipamentos da Viatura de Intervenção Rápida – VIR – são aplicados nestas viaturas de suporte básico de vida, o que as transforma em verdadeiras UTI’s móveis. O que nós fizemos, neste momento, foi melhorar esta integração, prevendo espaços específicos para cada equipamento”, complementa.

Também houve melhorias nos espaços dedicados aos equipamentos de salvamento, utilizados, principalmente, para remoção de vítimas encarceradas. “Foi criado um painel, onde os dispositivos passam a ser armazenados, que pode ser removido e colocado em outra viatura, dando agilidade durante as rotinas de manutenção dos veículos”, completa.

Novos equipamentos

Além da entrega das seis novas viaturas de suporte básico de vida – que já estão em operação – a CCR AutoBAn também renovou as ferramentas utilizados pelas equipes, como os dispositivos utilizados para resgate (para remover vítimas presas às ferragens), além de novos itens embarcados na Viatura de Intervenção Rápida (VIR). Segundo Kodama, foram adquiridos aparelhos de última geração, como monitor multiparâmetro e ventilador mecânico. “Estes equipamentos salvam vidas e aplicação deles no ambiente rodoviário torna o processo de avaliação e atendimento mais precisos”, explica.

O processo de renovação da frota e de equipamentos do Atendimento Pré-Hospitalar da CCR AutoBAn iniciou em 2018. Desde então, praticamente toda a frota já foi renovada.

Em junho, a concessionária entregou três novos guinchos leves, que são utilizados nos atendimentos de socorro mecânico dos usuários.

 

 

 

+ Fotos: