Na volta para casa, 185 mil veículos ainda devem passar pela D. Pedro I

Na volta para casa, 185 mil veículos ainda devem passar pela D. Pedro I

 Movimento era tranquilo no início da tarde desta terça-feira (25), sem o registro de acidentes
Movimento era tranquilo no início da tarde desta terça-feira (25), sem o registro de acidentes

Cerca de 185 mil veículos ainda devem passar pela rodovia D. Pedro I (SP-065) entre a tarde e a noite desta terça-feira, dia 25 de fevereiro, e a Quarta-Feira de Cinzas, dia 26. A projeção é da Concessionária Rota das Bandeiras, empresa responsável pela administração da estrada, que serve como ligação entre a Região Metropolitana de Campinas (RMC) e as praias do Litoral Norte.

Desde o dia 21 de fevereiro, quando teve início a Operação Especial de Carnaval realizada pela Rota das Bandeiras, até as 13h desta terça-feira (25), 409.942 veículos já passaram pela SP-065. Por enquanto, não há o registro de pontos de lentidão na volta para casa dos motoristas.

Além da rodovia D. Pedro I (SP-065), a Rota das Bandeiras é responsável pela rodovia José Roberto Magalhães Teixeira (SP-083), e trechos das rodovias Prof. Zeferino Vaz (SP-332), entre Campinas e Mogi Guaçu; Eng. Constâncio Cintra (SP-360), entre Itatiba e Jundiaí; e Romildo Prado (SP-063), entre Itatiba e Louveira. Ao todo, são 297 km de vias administradas pela Concessionária.

Levando em consideração todo o trecho sob concessão da Rota das Bandeiras, foram registrados 25 acidentes, com 22 pessoas feridas, durante o período analisado. Não houve o registro de nenhuma morte até as 13h desta segunda-feira.

A Rota das Bandeiras segue com guinchos e ambulâncias posicionados em pontos estratégicos para garantir a segurança em casos de socorros médicos e mecânicos. Os motoristas que precisarem de qualquer tipo de apoio devem entrar em contato com a Concessionária por meio do telefone 0800-770-8070.  A ligação é gratuita e o Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU) funciona 24 horas.