Indaiatuba divulga lista das comorbidades consideradas para vacinação Covid-19 das crianças de 5 a 11 anos

Indaiatuba divulga lista das comorbidades consideradas para vacinação Covid-19 das crianças de 5 a 11 anos

Divulgação RIC/PMI

A Secretaria de Saúde de Indaiatuba recebeu na quinta-feira, dia 3, o informe técnico do Ministério da Saúde sobre as comorbidades consideradas para o público infantil, de 5 a 11 anos, para imunização contra a Covid-19. Os responsáveis devem anexar no Minha Vacina: exames, receitas e relatórios médicos das crianças que comprovem as comorbidades e as deficiência das crianças.

Confira as comorbidades consideradas pelo Ministério da Saúde:

- Insuficiência cardíaca;

- Cor-pulmonante e Hipertensão pulmonar;

- Cardiopatia hipertensiva;

- Síndrome coronarianas;

- Valvopatias;

- Miocardiopatias e Pericardiopatias;

- Doença da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas arteriovenosa;

- Arritmias cardíacas;

- Cardiopatias congênitas;

- Próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados;

- Talassemia;

- Síndrome de Down;

- Diabetes mellitus;

- Pneumopatias crônicas graves;

- Hipertensão arterial resistente e de artéria estágio 3;

- Hipertensão estágios 1 e 2 com lesão e órgão alvo;

- Doença Cerebrovascular;

- Doença renal crônica;

- Imunossuprimidos (Incluindo pacientes oncológicos);

- Anemia falciforme;

- Obesidade mórbida;

- Cirrose Hepática;

- HIV.

Os responsáveis pelas crianças devem anexar no Minha Vacina, dentro do site da Prefeitura, exames, receitas, relatórios e prescrições médicas, que serão avaliadas pelas equipes médicas da Secretaria de Saúde. A vacinação de crianças de 5 a 11 anos não tem data certa para ser iniciada, mas as convocações chegarão no e-mail cadastrado e estarão disponíveis no Minha Vacina no link https://vacinacao.indaiatuba.sp.gov.br/login