Comitê de Retomada Econômica de Americana termina 2021 com várias conquistas

Comitê de Retomada Econômica de Americana termina 2021 com várias conquistas

O Comitê de Retomada Econômica de Americana, grupo criado em abril pelo prefeito Chico Sardelli com o objetivo de fomentar os negócios na cidade e promover o desenvolvimento econômico no período pós-pandemia, termina o ano de 2021 com várias conquistas e realizações importantes dentro dos itens que foram propostos inicialmente. Essa foi a avaliação a que chegaram os integrantes do grupo em reunião virtual realizada nesta quarta-feira (12).

"A retomada econômica e o desenvolvimento de Americana sempre estiveram em nossas ações e os resultados de 2021 são muito positivos. Para 2022 projetamos ainda mais conquistas que trarão emprego e renda para as famílias americanenses, com foco no apoio a quem investe e acredita em Americana", declarou o prefeito Chico Sardelli.

"O sucesso foi tão grande que outras cidades resolveram replicar o modelo que adotamos aqui. Além disso, o trabalho foi reconhecido com a obtenção do prêmio de melhor Programa de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo", salientou o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Rafael de Barros.

Dos 25 itens elencados quando da criação do Comitê, todos foram atendidos ou estão em andamento, como a realização da Feira Têxtil, prevista para acontecer em setembro do próximo ano, e da Feira de Empregabilidade, ocorrida em outubro. Outra frente que foi contemplada pelo Comitê foi o estímulo à formalização dos negócios. Em parceria com o Sebrae e o governo do Estado foram realizados diversos cursos com o intuito de informar e capacitar os empreendedores do município.

Destaca-se também o programa de negociação de dívidas de contribuintes inadimplentes com a Prefeitura, o Refis, que superou todas as expectativas e arrecadou R$ 34 milhões no ano passado. Outro recorde foi a oferta de linhas de crédito por meio do Banco do Povo, com 36 contratos fechados, que totalizaram o valor de R$ 503.849,00, um aumento de 70% em comparação com anos anteriores.

Entre outras realizações, houve campanhas de marketing em prol do comércio local em datas comemorativas, decoração de Natal na região central tornando o ambiente mais atrativo para as compras de final de ano, discussão para a implantação do Projeto Jovens Empreendedores nas escolas municipais, contatos com os diversos atores do setor produtivo para analisar as suas demandas, discussões sobre desburocratização para abertura de empresas, treinamento do setor de compras da Prefeitura e também para os seus fornecedores, discussão sobre fortalecimento da APL (Arranjo Produtivo Local), realização do Roteiro Gastronômico com participação de 53 estabelecimentos, convênio com a Facamp para capacitar potenciais exportadores, revitalização da região central, negociação com a Estapar para promover mudanças no sistema de Área Azul e propostas de protocolos de higiene e educação sanitária para acelerar a retomada do comércio local.

Para algumas questões, as discussões foram iniciadas mas, devido à complexidade dos assuntos, ainda estão em andamento, como alinhamento de condutas entre Sinditec, empresas cotistas, DAE e Cetesb para a reforma da ETE (Estação de Tratamento de Esgoto); implementação do turismo de negócios em parceria com a Secretaria de Cultura e Turismo; criação de uma incubadora de empresas; plataforma de negócios; e negociações com a EMTU para levar alguns serviços para o piso superior do terminal urbano.

"Os trabalhos tiveram um desempenho excelente e ajudaram a integrar as instituições da cidade", avaliou o presidente da Associação Comercial e Industrial de Americana, Wagner Armbruster.

"A avaliação que eu faço é bastante positiva e destaco três aspectos principais. O primeiro é a união e o relacionamento entre as entidades, não só pela liderança da Prefeitura mas também da Câmara Municipal, do governo do Estado e sociedade civil organizada. Foi um esforço concentrado, fundamental e de muita sinergia. O segundo são os resultados quantitativos com a criação de empregos, abertura de empresas e capacitação de profissionais. O terceiro aspecto são os resultados qualitativos. Muita coisa aconteceu, muita coisa vem acontecendo e muita coisa ainda vai acontecer, fruto dessa reunião de entidades. Há um ambiente em Americana de muito interesse para as pessoas dialogarem e serem atendidas", afirmou o gerente regional do Sebrae, Fabio Ravazi Gerlach.

"Em relação ao Comitê de Retomada Econômica de Americana, só tenho elogios e muito orgulho em fazer parte desse projeto. O secretário Rafael de Barros e o prefeito Chico Sardelli tiveram a visão estratégica do gestor público moderno, que trabalha de forma colaborativa, responsiva e participativa. Traçamos 25 ações para 2021 e todas foram trabalhadas, tendo sido concluídas 22 das 25. O Comitê de Retomada Econômica de Americana é um exemplo a ser seguido por outros municípios. Todo o sucesso do Comitê se deve ao comprometimento e dedicação de todos os membros que o integram", enfatizou a representante da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, Alcinea Moraes.