Boas notícias

Em que pese todas as dificuldades financeiras pelas quais o município passa, diga-se de passagem não é um problema que afeta apenas Valinhos, mas a quase totalidade das cidades brasileiras, é preciso também buscar alternativas e soluções para os problemas que independam do atual fluxo de caixa.
Esta semana em audiência com o vice-governador, Marcio França (PSB), o prefeito Orestes Previtale (PMDB) trouxe boas noticias para a cidade. A primeira tem relação direta com um dos maiores gargalos da atual administração, a qualidade do pavimento asfáltico de nossas principais ruas e avenidas.
A previsão é a obtenção de verbas para recuperação do asfalto e também para pavimentação de ruas.  A estimativa é a obtenção de R$ 8 milhões nesta primeira fase. A Prefeitura deverá apresentar até o final do ano o projeto para a recuperação das ruas de maior fluxo. Ainda de acordo com o prefeito, a segunda fase deverá contemplar regiões onde há ruas desprovidas de asfalto.
A outra boa notícia é o inicio de conversas para trazer para o município um polo da UNIVESP (Universidade Virtual de São Paulo) e da ETECRI (Escola de Técnicas de Economia Criativa). Apesar de seu uma universidade com cursos a distância (EAD), a UNIVESP conta com mais de 80% de seu corpo docente provenientes da USP e outros da Unicamp e Unesp. Nela são oferecidos cursos de engenharia de produção; engenharia da computação e licenciaturas em biologia, matemática,  física, química e pedagogia.
Já a ETECRI  irá oferecer cursos de curta duração de economia criativa, entre eles designer de sobrancelhas; barista e entrelaçamento de bijuterias.
As boas notícias são prova da vontade politica do prefeito Orestes em resolver os problemas inerentes ao seu governo. Iniciando seu nono mês à frente da Prefeitura, o prefeito já demonstra 100% de domínio ou conhecimento da máquina pública, um requisito fundamental para encarar a infinidade de problemas que surgem a cada dia, afinal de contas estamos falando de uma cidade, um organismo vivo que precisa de cuidados em todas as áreas.
Percebemos ao longo desses últimos meses um amadurecimento do prefeito e de sua equipe frente a tamanhos desafios. E o principal, a disponibilidade de querer buscar solução.
Quem acompanha a vida politico/administrativa da cidade especialmente no que tange sua situação financeira, sabe muito bem que não há margem para investimentos em novos projetos ou obras. O orçamento é integralmente consumido no custeio da máquina administrativa. Não bastasse isso, importante reiterar e reforçar que nossa cidade continua sendo uma das mais endividadas do país, com uma divida consolidada na casa dos R$ 422 milhões. Ou seja, não há mágica para solucionar tal problema.
A atitude do prefeito Orestes em se movimentar entre os demais entes da federação – Governo do Estado e Federal e também junto a deputados - demonstra que há da parte dele uma grande preocupação em buscar soluções alterativas e criativas que tragam melhorias e qualidade de vida para Valinhos. Junto com as boas noticiais apresentadas e que irão impactar a vida de milhares de pessoas, especialmente os jovens, o prefeito também recebeu esta semana em seu gabinete o deputado Federal Carlos Sampaio (PSDB), para tratar dentre outros assuntos um que apavora qualquer gestor que assuma a cadeira de prefeito em Valinhos: a famigerada dívida do século. Orestes está trabalhando pessoalmente neste processo onde busca alternativas para reduzir o valor da divida ou melhorar a forma de negociação junto ao governo federal.