120 anos: uma cidade que inspira

No momento em que o Brasil atravessa uma de suas maiores crises econômicas e politicas, Valinhos chega aos 120 anos esbanjando vitalidade e demonstrando que é uma cidade vocacionada ao sucesso.
Em que pese a dimensão da crise que diretamente afeta o consumo e consequentemente a vida e a economia de todas as cidades brasileiras, Valinhos está conseguindo demonstrar um fôlego jamais visto. A atração de novas empresas tem feito o município ganhar destaque na imprensa regional e estadual.
Com um PIB de R$ 4,1 bilhão, a Capital do Figo Roxo, terra de Adoniran Barbosa e de Flavio de Carvalho, de empresas como EATON (antiga Clark), WestRock (antiga Rigesa) e Unilever, vai se desenhando para o século XXI como uma cidade promissora e modelo de desenvolvimento para a Região Metropolitana de Campinas (RMC).
Desde a chegada da via férrea em 1872, da Igreja e dos primeiros imigrantes italianos no final do século XIX, a terra dos vales trilhou um caminho que espelha bem a determinação de seu povo. A pequena vila, que veio a se tornar distrito de Campinas em 28 de maio de 1896, cresceu e evoluiu a passos largos e a autonomia politica e administrativa era uma questão de tempo.
Agricultura, comercio, indústria e serviços, nesta ordem, deram e ainda dão o lastro para a nossa economia. Foram vários os ciclos de desenvolvimento que garantiram a Valinhos esse modelo de desenvolvimento que associa progresso com qualidade de vida.
Hoje, com 120 mil habitantes, a cidade que inspira ocupa a 12ª colocação no Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) entre os mais de 5.570 municípios brasileiros, uma marca invejável para qualquer cidade. Mais que isso, em qualquer um dos índices que mensure qualidade de vida no Brasil, o nome de Valinhos estará lá entre as 100 primeiras, entre eles um dos mais sensíveis o da mortalidade infantil.
Talvez alguns considerem esse editorial ufanista demais. Contudo, a Folha de Valinhos no auge de seus 48 anos de existência, completados em 1º de maio, sempre se colocou como ferrenha defensora dos interesses de Valinhos. Sim, somos otimistas e o momento atual exige otimismo e um olhar diferenciado para que a crise não venha a tornar tudo ainda mais difícil e complexo do que já esta.
Valinhos é sim uma cidade que inspira. Além dos índices de qualidade de vida, nossa cidade também está bem cuidada, ruas e praças limpas; possuímos uma das redes de educação mais bem avaliadas; os índices de criminalidade são dos mais baixos do Estado.
Celebrar o aniversário de nossa cidade é motivo para enaltecermos suas qualidades e um orgulho para todos nós. Sobretudo porque sabemos que Valinhos, em que pese as dificuldades, sabe como ninguém acolher aqueles que aqui chegam em busca de um novo recomeço ou de mais tranquilidade e qualidade de vida.
Sabemos que tudo isso é fruto de governos locais que estiveram preocupados com o futuro da cidade e sem exageros a conduziram para a excelência em qualidade de vida. Por outro lado, sabemos que manter esse nível de excelência deve pautar também a agenda dos futuros governantes. Perder qualidade de vida colocaria em risco tudo o que até agora foi conquistado.
Parabéns, Valinhos! A Folha de Valinhos também se orgulha de contribuir para o seu sucesso!