Nosso transporte coletivo

Nossa cidade terá um transporte coletivo de passageiros depois de 34 anos devidamente regulamentado. E o que significa isso? O passageiro do ônibus e o município ganham respeito, segurança e serviço de qualidade.
Não estou desrespeitando e nem criticando a atual empresa Rápido Luxo Campinas Ltda, já que acredito que a empresa faz de tudo para oferecer um serviço dentro de suas possibilidades ao longo dos anos que presta serviço. Porém, temos que acompanhar as necessidades da população, a modernidade, e a legislação que trata sobre transporte coletivo, e Valinhos estava a mercê, em razão que não tinha amparo jurídico para cobrança de melhorias no transporte coletivo.
Muitas eram as reclamações dos usuários, como atrasos, manutenção dos ônibus, idade da frota, falta de cobradores, instalação e coberturas de pontos de ônibus e recentemente as greves dos motoristas em razão do atraso de pagamento de salários. Essas queixas eram das cidades de Louveira, Valinhos e Vinhedo, onde a Rápido Luxo Campinas presta serviços.
Essa novela de licitação se arrastava à décadas, e o próprio Ministério Público apontava a irregularidade no transporte coletivo da cidade de Valinhos, mas mesmo assim muitos, mas muitos duvidavam que algum dia isso pudesse ocorrer, devido a vários fatores, inclusive políticos!
A administração municipal teve vontade política e atendeu o desejo dos usuários, que prefeitos anteriores não deram a devida atenção. E brevemente os usuários do transporte coletivo irão perceber as mudanças positivas.
Um pequeno grupo de cidadãos na rede social manifestou-se a favor do transporte alternativo. Mas Valinhos não comporta esta modalidade no momento. Já tentaram em meados de 2003 e 2004, onde foram barrados.
Agora com a formalização da concessão de serviços de transporte coletivo, a Prefeitura tem o poder de fiscalizar, além do que terá 1% de taxa de gerenciamento sobre a receita bruta para seus cofres públicos municipais. A empresa Sancetur Turismo Ltda, que foi a vencedora, irá disponibilizar uma frota de 41 veículos mais 4 veículos de reserva, todos com plataforma elevatória de acessibilidade. A empresa Rápido Luxo Campinas atualmente possui uma frota de 35 veículos.
Caberá à empresa Sancetur, que opera no ramo há pelo menos 60 anos, implantar importantes melhorias de mobilidade urbana a curto, médio e longo prazo, como: a padronização dos pontos de parada; reforma do terminal urbano; revisão da rede de transporte público; implantação de corredores exclusivos de ônibus, etc.
O prazo de concessão é de 15 anos, prorrogável por igual período. A partir da assinatura a empresa Sancetur terá prazo de 180 dias para início da prestação do serviço. A empresa foi vencedora ao apresentar uma proposta de R$ 1,2 milhão enquanto a Rápido Luxo Campinas apresentou o valor mínimo de R$ 282 mil.

Edmilson Barbarini

Edmilson Barbarini é servidor público municipal, bacharel em ciências contábeis.