A Influência da Indústria 4.0 no Futuro da Educação e da Economia Mundial

Referências

[1]  www.weforum.org/about/the-fourth-industrial-revolution-by-klaus-schwab

[2]  www.eadseculo21.com.br/pandemia-e-o-futuro-do-trabalho.html

[3] www.forbes.com/sites/stevedenning/2020/05/27/how-big-tech-was-built-on-agile-principles/#238ef03c2f69
 

O livro “A Quarta Revolução Industrial”, do Professor Klaus Schwab, fundador e presidente executivo do Fórum Econômico Mundial, pode ser considerado como o iniciador de uma das maiores revoluções culturais da História. Suas reflexões sobre o conceito de Indústria 4.0 exercem impacto em todas as dimensões da vida humana, pois as inovações tecnológicas do Século 21 estão mudando completamente a maneira como vivemos, trabalhamos, pensamos e nos relacionamos [1]. Diante deste contexto de infinitas possibilidades criativas, o conceito de Indústria 4.0 pode ser definido como um amplo movimento cultural, que está fundamentado essencialmente em três áreas estratégicas: Educação, Tecnologia e Economia.

A devida compreensão destas três áreas exige que construamos um programa educacional sério, profundo, amadurecido e consciente. A Educação Brasileira precisa despertar para a realidade de que a completa visão sobre as tecnologias da Quarta Revolução Industrial só poderá ser alcançada através de generosos investimentos orientados para a capacitação profissional dos cidadãos: investir bem, para promover o bem comum. 

Com o objetivo de ajudar na compreensão de todo este vasto contexto, produzi o Curso EAD “Pandemia e o Futuro do Trabalho” [2], que é na verdade uma grande síntese científica, tecnológica e educacional.

A íntima relação entre Tecnologia e Economia é facilmente demonstrada quando se considera que empresas como Apple, Amazon e Microsoft possuem valor de mercado que já ultrapassou a marca de 1 trilhão de dólares [3].  Ou seja: para conseguir visualizar as estratégias tecnológicas utilizadas por estas empresas, é preciso adquirir muitos conhecimentos de diferentes áreas. Estes conhecimentos só podem ser adquiridos através da leitura de livros e artigos capazes de transmitir uma ampla visão empreendedora, e esta visão só pode ser plenamente desenvolvida através da Educação.

É importante ressaltar que o futuro da humanidade passará necessariamente pelo “tripé” Educação, Tecnologia e Economia: o conhecimento se transforma em inovação tecnológica que, por sua vez, contribui diretamente para o desenvolvimento econômico dos países.

Os líderes do futuro que hoje estão sendo formados precisam estar atentos aos “sinais dos tempos”: a fusão de tecnologias biológicas e computacionais, por exemplo, será responsável por revoluções muito profundas, com riscos ainda inimagináveis. Quando este novo tempo chegar, será que o nível de consciência da Nação Brasileira estará suficientemente desenvolvido para enfrentar tão extraordinários desafios?

Menos ideologia e mais Tecnologia: Conscientização já !