Dia do Advogado: profissão de muita luta

No dia 11 de agosto foi comemorado o Dia do Advogado. Assim como as demais profissões, onde todos têm seu valor reconhecido, entretanto, vou aproveitar a oportunidade para escrever um pouco sobre a advocacia.

Estamos ligados à Seccional da OAB São Paulo, que foi criada em 22 de janeiro de 1932. A seccional paulista da OAB é a maior do País, com um contingente que ultrapassa 350 mil advogados. Mantém mais de 100 comissões atuantes, entre permanentes e especiais, que desenvolvem importante trabalho de estudo e aperfeiçoamento da legislação, além de zelar pelo bom desempenho da profissão.

A OAB São Paulo conta com 229 subseções espalhadas pelo interior. Estamos todos ligados e voltados a garantir os direitos e defesas dos advogados.

A OAB Valinhos presta atendimento à população carente. Foram realizados 310 agendamentos  de 10 de julho até 10 de agosto desse ano. Todos que precisam de um advogado e não tem condições para contratar o profissional de forma particular, podem buscar esse atendimento junto à OAB Valinhos, onde passarão por uma triagem em sendo constatada sua carência financeira e a natureza do pedido, poderão ter um defensor gratuito, que será pago pelo Estado.  

Mas a advocacia não é profissão para covardes. Diariamente são travadas lutas para defender e garantir os interesses de nossos clientes.  Ser advogado é sentir a dor do outro, é ser comprador de brigas alheias, é quem apresenta e aclara o direito violado, é quem instrumentaliza a Justiça em um mundo norteado pelo litígio.

A escolha dessa data remete ao dia em que foram instituídas, no ano de 1827, as duas primeiras faculdades de Direito do Brasil, a saber: a Faculdade de Direito do Largo de São Francisco, em São Paulo, e a Faculdade de Direito de Olinda, em Pernambuco – que foi transferida para a cidade de Recife em 1854. Dessa forma, a comemoração do Dia do Advogado, no Brasil, é, antes, uma celebração sobre o início do ensino das disciplinas jurídicas em solo brasileiro.

Outra data em comemoração ao dia dos advogados é 19 de maio, o dia do padroeiro desses profissionais, Santo Ivo (1253/1303), que faleceu neste dia. O padroeiro foi estudante de direito, já aos 14 anos de idade, na cidade de Paris, e depois em Orleans. Sua preferência era pelo direito civil e canônico, tendo atuado nessas áreas em defesa dos pobres que não tinham condições de financiar as despesas judiciais.Advogar é estudar, é não ter hora, é estar disponível, é pensar, lutar pela justiça a despeito do direito, é ter paciência, é zelar pela valorização da Advocacia,  respeitar e defender incondicionalmente os colegas e acima de tudo,  é amar a profissão. Parabéns aos advogados.